Sexo

De acordo com a ciência, praticar exercícios físicos pode te fazer transar mais e melhor. Um estudo publicado no jornal da Sociedade Internacional de Medicina Sexual mostrou que homens que praticam mais de dezoito horas semanais de exercícios possui ereções mais longas e mais apetite sexual.

Outro estudo, feito na Universidade de Arkansas mostrou que homens e mulheres que praticam exercícios três vezes ou mais por semana tem uma satisfação sexual acima da média. Os cientistas observaram também que à medida que se aumentava a quantidade de exercícios físicos, aumentava também a duração do ato sexual, a vontade de transar.

A ciência já provou que fazer sexo traz vários benefícios, que incluem o rejuvenescimento da pele, melhora do sono, redução de problemas cardíacos, aumento da felicidade e vários outros. Então é sempre útil saber de coisas que podem nos ajudar a transar mais e melhor.

No caso das mulheres, tem uma outra coisa que pode ajudar a melhorar a vida sexual. Uma pesquisa mundial feita pela Harris Interactive, a pedido da Gamehouse, mostrou que mulheres que jogam games on-line fazem mais sexo e são mais sociáveis do que as que não jogam.

Aliás, o mundo dos games que antigamente era coisa de criança e quando se tornou brinquedo de adulto, era dominado pelos homens, agora vive em um novo cenário. De acordo com um levantamento feito pela Game Brasil, nos últimos 4 anos o número de mulheres entre os gamers passou de 41% para mais de 53% no país.

E esse número pode ser ainda maior, pois há relatos de muitas gamers que se registram com avatares masculinos para não sofrer machismo e assédio enquanto joga. É uma atitude vergonhosa, mas sabemos que não é exclusividade das salas de jogos online, e sim da sociedade machista em que vivemos.

Sexo
Dia Mundial do Orgasmo: 5 curiosidades sobre o orgasmo.

O Dia Mundial do Orgasmo foi criado em 1999 por algumas redes de sex shops da Inglaterra de forma informal para realizar uma pesquisa com o público. A pesquisa revelou que 80% das mulheres inglesas não atingem o clímax durante o sexo.

Veja 5 curiosidades sobre o Orgasmo:

1 - Afinal, o que é 'Orgasmo'? Orgasmo é um pico de prazer e excitação que dura apenas alguns segundos seguidos de um período de relaxamento, com diminuição da sensação de prazer. O orgasmo dura no homem, em média, 10 segundos e nas mulheres 20 segundos.

2 - Os homens normalmente tês apenas um orgasmo por relação, mas existem homens que conseguem ter orgasmo multiplos com mais facilidade. Técnicas de sexo tântrico ajudam na obtenção de orgasmos multiplos.

3 - Existem poucas pessoas no mundo que não conseguem chegar ao orgasmo, essa disfunção é chamada de 'anargasmia' e pode estar relacionada a problemas psicológicos, há tratamento.

4 - Ter orgasmo faz muito bem para a saúde. Estudo feito pela Universidade de Harvard mostrou que homens que ejacularam 21 vezes por mês tiveram menor incidência de câncer de próstata. O estudo foi realizado ao longo de 18 anos com 30 mil homens de idade, entre 20 e 40 anos.

5 - O recorde mundial de orgasmos é de uma mulher, foram 222 durante o evento Masturbate-a-Thorn, em 2009, na Dinamarca. A marca foi alcançada por Deanna Webb.

Fontes: 1 e 2

Geral
Anônimo

Anônimo

Pq coça. Mas claro que essa coceira tem uma explicação FORA a falta de higiene ou possíveis doenças. Para explicar, vamos nos livrar de eufemismos e dar nomes aos bois de uma vez, ok?

Imagem meramente ilustrativa

Dentro da cueca, o dia todo, ficam o saco, as duas bolas e o pinto, todos amontoados, rodeados por pelos no meio das pernas. Claro que isso esquenta. E muito calor compromete a produção de sêmem. Por isso que o cérebro dispara aquela coceirinha: para que o homem movimente aquelas partes e areje um pouquinho. Mas uma coceirinha é pouco e a região não demora a reaquecer, logo, o ato precisa ser repetido várias vezes ao dia. Senão é capaz do conjunto cozinhar ali mesmo.

Outra causa da coceira é que o saco contrai. Tanto por conta da variação térmica quanto por que é outro mecanismo do corpo para que a região tenha algum movimento. Com esses movimentos, os pelos do saco acabam roçando, disparando a coceira e começa tudo de novo. E o ato de coçar é tido como uma das melhores recompensas que corpo pode se proporcionar.

Todavia, não é por isso que tá liberado coçar abertamente, sem se preocupar com quem está por perto. É socialmente grosseiro. Então vamos balancear:

Meninas: não façam caretas ou gritem quando ver um amigo coçar o saco. Não é fácil (nem saudável) resistir.

Meninos: na maioria dos casos, continuem se aliviando com aquela beliscadinha sutil. ;-)

Sexo
O curioso caso Guevedoces: meninos criados como meninas que só "desenvolvem" pênis e testículos na puberdade

Um grupo de pessoas está trocando de sexo sem cirurgia República Dominicana.

Gavedoces da República Dominicana

Guevedoces são crianças que cresceram como as meninas, porque quando nasceram, suas partes íntimas estavam para dentro, como se fossem uma vagina. Mas por volta dos 12 anos, na puberdade, onde deveria permanecer um clitóris, começa a desabrochar um pênis e o que deveriam ser grandes lábios, se revela uma bolsa que não é de boliche, mas serve para segurar bolas.

Não é a toa que a tradução de guevedoces no idioma local é “bolas aos doze”.

Clique aqui para ver uma ilustração (+18) que ajuda a entender exatamente como o fenômeno funciona.

gavedoces
Catherine e sua prima Carla, Guevedoces da República Dominicana

Leia mais

Geral
A robô sexual que diz 'não' se tratada com violência ou indiferença

Samantha, a boneca sexual criada pelo engenheiro eletrônico Sergi Santos, não tem coração nem cérebro. Mas quem quiser ter relações com ela, deve ter. Se tratada com violência ou indiferença, a robô agora recusa sexo e desliga automaticamente. A boneca conversa com o dono e tem sensores de toque espalhados pelo corpo. Conforme a interação, a boneca muda seus padrões de diálogo, movimentos do corpo e expressões faciais. Há os estados “familiar”, “romântico”, “sexual”, “extra ousado” e, agora, “indiferente”. Continue lendo...