Geral
Anônimo

Anônimo

No Brasil é motorista de ônibus e nos EUA é lenhador. 

O Adzuca, serviço internacional de busca de empregos, fez um estudo avaliando potencial financeiro, ambiente de trabalho, competitividade e demanda de mercado de mais de 1000 cargos para chegar a uma lista das piores profissões do Brasil. São elas:

1. Motoristas de ônibus
2. Entregadores
3. Assistentes de cozinha
4. Jornalistas
5. Policiais
6. Vendedores
7. Empregadas domésticas
8. Garçons
9. Assistentes sociais
10. Seguranças

Já na lista de carreiras nos EUA, o Careercast analisou também outros fatores, como risco de acidentes, estresse físico e emocional em ambiente de trabalho, além de perspectivas de contratação para chegar à seguinte lista:

1. Lenhador
2. Produtor de leite
3. Soldado
4. Operador de plataforma de petróleo
5. Jornalista
6. Garçom/garçonete
7. Leitores de medidores residenciais
8. Lavador de pratos
9. Açougueiro
10. Locutor de rádio

Nenhuma das profissões citadas coincide com com a lista de profissões menos promissoras dos EUA, feita pela revista Forbes.

Geral
Anna Verena

Anna Verena

Ao contrário do que muitos pensam, não foi a de prostituta, foi a de cozinheiro. Chegamos a esta conclusão depois de ler este estudo publicado na revista acadêmica Proceedings of the National Academy of Sciences, a PNAS. De acordo com esta publicação, há 2 milhões de anos, na época do Homo erectus, já existia a especialização no preparo de alimentos e isso é comprovado pelos utensílios encontrados perto de fósseis da época. Chris Organ, biólogo de Harvard e um dos coautores do estudo, defende que “além de ser a primeira profissão, é também aquela que nos definiu como espécie”.