Sexo
Anônimo

Anônimo

Instinto. O prazer no sexo é o grande estímulo que nosso organismo encontrou para que sempre estejamos tentando perpetuar nossa espécie. Cientistas provaram que não só o homem, mas também todos os mamíferos têm respostas intensas de prazer durante o ato sexual. No ato, nosso cérebro libera grandes doses de hormônios, entre eles a ocitocina e a endorfina, que nos dá a sensação de satisfação e felicidade.






Instagram

Segundo a especialista, esse “medo” de ser feliz ou de sentir prazer não é algo que quem sofre fala. Muitas vezes, até eles não têm consciência que reagem dessa forma com a vida.

Os indícios de querofobia que costumam ser visíveis, se manifestam a partir de conflitos com pessoas que gostam ou por meio de sentimentos viscerais, como uma repentina necessidade de escapar ou uma ansiedade incomum, dores de estômago, dores de cabeça e sensações ruins depois de um acontecimento positivo.

Ou seja, quem tem medo de felicidade, já enfrentou alguma situação ruim logo após ter experimentado algum acontecimento positivo. Assim, associaram sensações positivas a momentos negativos, criando um trauma. Muitas das vezes, esses episódios acontecem durante a infância e são situações que as crianças não conseguem assimilar.

Para destruir esse padrão, é necessário trabalhar com sessões de terapia. O especialista deve ajudar o paciente a enterrar o passado e trabalhar no presente para construir um futuro melhor.

Fonte