Geral
Você gosta de ouvir Bach? Porcos também gostam

Porcos tiveram uma melhoria em seu bem-estar, mudanças de comportamento e até alterações alimentares ao ouvir música clássica, segundo um estudo de doutorado defendido na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, em Piracicaba.

Segundo a zootecnista Érica Ito, houve uma diminuição das brigas e perseguições e um aumento nas brincadeiras e interações entre os animais que ouviram o prelúdio da Suíte nº1 em Sol Maior para Violoncelo, composta pelo alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750).

Outro fator observado foi o consumo de ração e ganho de peso. Porcos que ouviram música tiveram o mesmo ganho de peso consumindo menos ração - 50% do custo da produção de suínos é a ração. Qualquer melhora nisso faz diferença grande para os produtores, que ganham em centavos.

A pesquisa foi feita com os porcos divididos em duas baias, separadas por uma parede. A baia tratamento ouvia música, enquanto a baia controle não. A intensidade e a frequência do som, além da temperatura dos animais foram monitoradas - para garantir que os animais não estavam doentes.

De acordo com a zootecnista, para entender o mecanismo que levou a música a influenciar no consumo de ração e consequente ganho de peso dos animais, seria necessária uma pesquisa multidisciplinar, com psicólogos e neurocientistas.

A aplicação direta da pesquisa seria para os produtores de animais, que podem utilizar a música, um recurso barato, ao qual todo mundo tem acesso, e se mostrou eficiente. Para além disso, fica a ideia de se agir de forma ética com todos os animais, diz a pesquisadora.

Fonte