Geral
Anônimo

Anônimo

Infelizmente, sim. Estima-se que 10% dos casos de pedofilia registrados são praticados por mulheres. Na maior parte, a criminosa é a própria mãe, mas também outras recorrentes são professoras, tias, irmãs e babás.

E o que é necessário esclarecer é que "abuso sexual" não se estabelece exclusivamente diante de penetração peniana. Ele pode se dar por carícias indevidas, penetração de objetos, abuso verbal, masturbação, sexo oral etc.

O que dificulta bastante o registro da pedofilia feminina é:

1) timidez para denunciar;

2) os relatos são tidos como uma percepção exagerada de simples carícias, já que mulheres no geral são fisicamente mais carinhosas que homens;

3) os abusos não são considerados violações pela própria vítima. Quantos meninos contam ter perdido a virgindade ainda muito novo com uma mulher mais velha sem se dar conta de que isso se configura um crime?

Existem vários estudos e publicações sobre o assunto, como os livros L'últime tabou: femmes pedophiles, femmes incestueuses (O último tabu: mulheres pedófilas, mulheres incestuosas), de Anne Poirot e Female Sexual Abuse of Children (Abuso sexual feminino de crianças), de Michele Elliott.