Geral
Bares criam código para ajudar mulheres que estão em perigo em um encontro

Muitas mulheres ficam amedrontadas num primeiro encontro ruim. Nos Estados Unidos e na África do Sul, bares criaram a “bebida secreta” como código para mulheres em situação de risco.

A técnica funciona da seguinte maneira: se a moça pedir um “Angel shot” puro, o barman vai acompanhá-la até o carro; se pedir com gelo, o garçom vai pedir um Uber ou um Lyft. E, se pedir com limão, vai chamar a polícia. As informações são do portal Daily Mirror.

Em cartazes colados principalmente nos banheiros femininos dos estabelecimentos, encontram-se os seguintes dizeres:

“Você está num encontro que não está fluindo muito bem? O seu pretendente do Tinder mentiu sobre quem era no perfil da rede social? Você se sente insegura ou numa situação estranha? Nós vamos te ajudar. Vá ao bar e peça um Angel Shot.”

No Reino Unido, cartazes semelhantes orientavam as mulheres a pedirem a bebida como código para evitar a violência sexual ou outros tipos de abuso.

Os cartazes fizeram sucesso e foram compartilhados mais de 60 mil vezes por usuários do Facebook. Apesar da propagação do código, alguns usuários defendem que o compartilhamento não impede que as mulheres peçam o drink nos bares.

Fonte

Geral
Mulheres são mais confiáveis em cargos de liderança, aponta estudo

A presença de mulheres na liderança pode fazer com que as empresas sejam mais diversas, inovadoras e com maior crescimento a longo prazo. Uma nova pesquisa descobriu outra vantagem da igualdade no topo: executivas apresentam menos desvios de caráter em relação a seus colegas homens.

Mulheres têm perfis de personalidade menos propensos a desvios de conduta que resultam em potenciais riscos para as organizações, de acordo com a Pesquisa Perfil Comportamental de Executivos: homens versus mulheres, elaborada pela HSD Consultoria.

Participaram da avaliação comportamental 3,5 mil profissionais brasileiros, com cargos de comando em médias e grandes corporações entre 2014 e 2017. Para azar das empresas, somente 26% eram mulheres.

Segundo a pesquisa, de todas as pessoas que participaram do processo, 27% apresentaram desvio de caráter. Entre as mulheres em cargos executivos, 20,77% demonstram o problema. Já o percentual dos homens é maior, de 29,2%.

A HSD avalia perfis comportamentais de executivos desde 2000, mas esta é a primeira vez que a consultoria segmenta os resultados por perfis de gênero. O estudo é feito por meio de entrevistas individuais e da aplicação de um conjunto de testes psicológicos e de inteligência.

Fonte

Geral
Anônimo

Anônimo

A explicação é hormonal.

Quando as garotas estão mais íntimas umas com as outras, a ocitocina é liberada no cérebro e provoca uma sensação boa. Este hormônio é responsável pela sensação de prazer quando a mãe tem o seu bebê e também quando o pai segura o seu filho nos braços. Vários especialistas a denominam hormônio do amor.

Um estudo recente confirma que a maioria dos homens tem menos células cerebrais que são estimuladas em situações relacionais, homens são simplesmente menos equipados para ler emoções. Por isso mulheres costumam ir o banheiro juntas, como seres mais relacionais elas sentem prazer na companhia de outras. Simples assim. ;-)

Geral
Startups de mulheres recebem 50% menos investimento e faturam 10% mais, comprova estudo

A disparidade salarial entre homens e mulheres é um assunto bastante comentado. Mulheres ganham, em média, 28% a menos que os homens no Brasil. Mas pouco se fala sobre a diferença entre gêneros quando o assunto é financiamento de novos negócios. Um estudo realizado pela consultoria Boston Consulting Group mostra que empresas fundadas por homens recebem, em média, o dobro do investimento recebido por novas empresas fundadas por mulheres.

O levantamento analisou os dados de investimentos de 350 startups auxiliadas pela aceleradora de empresas norte-americana Mass Challenge. Dessas 350 empresas, 258 eram fundadas por homens e as outras 92 tinham pelo menos uma mulheres entre os criadores do negócio. Empresas fundadas exclusivamente por homens recebiam, em média US$ 2,1 milhões de aporte financeiro. Já as empresas onde mulheres estavam presentes recebiam apenas US$ 931 mil.

Normalmente, os maiores investimentos são feitos em empresas com maior potencial de lucro. Porém, os dados contradizem o senso comum. Empresas fundadas por mulheres ou com pelo menos uma mulher entre os fundadores, geravam faturamento 10% maior dentro de um prazo de cinco anos. Outro dado interessante: empresas criadas por mulheres geram 78 centavos para cada dólar investido, já as empresas administradas por homens geram apenas 31 centavos.

Fonte

Geral
Rebeca Lemos Quaresma

Rebeca Lemos Quaresma

Por causa do cromossomo X. É nele que estão a maioria das proteínas fotoreceptoras - as opsinas. Como as mulheres têm dois cromossomos X, elas saem na dianteira quando o assunto é leque cromático, ja que os homens têm um cromossomo X e o outro Y. Todavia, os homens são melhores para enxergar pequenos detalhes, objetos em movimento ou a longa distância. Existe uma discussão sobre o assunto, mas é provável que a origem dessa diferença seja evolutiva - herdada de uma época em que os machos precisavam de uma ótima visão para fins de caça enquanto as mulheres, para fins de colheita.