Instagram

De acordo com a ciência, a experiência de estar em um show musical aumenta tanto a nossa sensação de bem estar, que nos faz viver mais.

Para chegar a esta conclusão, o professor Patrick Fagan, especialista em Ciência Comportamental e professor associado da Goldsmith's University, fez testes psicométricos e cardíacos em uma série de atividades de bem-estar - incluindo shows, yoga e caminhadas com cães.

Só para você ter uma idéia, ficar 20 minutos ou mais em um show musical aumenta sua sensação de bem estar em 21%. Mais que o dobro do proporcionado pelo mesmo tempo praticando Yoga, 10%, e três vezes mais que o bem estar proporcionado por um rolê com seu dog, 7%.

A experiência de ir a um show também pode elevar nossa auto-estima em até 25% e o estímulo mental em 75%.

Mas com qual frequência devo ir a shows? De acordo com o autor do estudo, para viver 9 anos a mais, você precisaria ir a dois shows por mês.

Fonte
Fonte

Vamos?

Geral
Anônimo

Anônimo

Foi o documento de identidade de Edgard Costa, emitido em 1907. Ele era o presidente do gabinete de identificação e de estatística da polícia do Distrito Federal, dos tempos em que o Rio de Janeiro era a capital do país.


(Imagem enviada pelo leitor Hígor César e pelo @inteligenteVida)



Você tem mais alguma dúvida? Faça sua pergunta clicandoAQUI

Você também pode votar em nossa lista de perguntas não respondidas clicandoAQUI

Geral
SOCORRO: Existem 10 vezes mais vírus para Android do que aplicativos na Play Store

Quantos aplicativos você tem instalados no seu celular? Eu contei aqui e tenho exatamente 123 (e crescendo). Mas posso garantir que todos são apps muito úteis.

De acordo com um estudo feito com base em mais de 24 milhões de aplicativos instalados em celulares ao redor do mundo, a cada 10 aplicativos de Android, pelo menos um está infectado por vírus.Continue lendo...

WTF
O Spinner Fidget mais antigo do mundo pode nem ser um spinner fidget

Esse objeto encontrado no período da Mesopotâmia antiga (2.000-1.800 a.C.) se parece muito com um spinner widget, né?


Ou pelo menos, uma versão bem rudimentar do brinquedinho.

Uma das editoras da revista Wired, Arielle Pardes, postou esta imagem há alguns dias em seu twitter, como sendo o primeiro spinner que se tem conhecimento na história.

O curador chefe do Museu do Instituto Oriental, Jean Evans, discorda. Na opinião dele, este objeto é o pedaço de uma arma.

Mas há controvérsias. Na época que o objeto foi encontrado, em 1932, o escavadores especularam que ele poderia ser usado para adivinhação astrológica.

Será que afinal de contas o spinner tem alguma utilidade?

Conheça nossa sessão de perguntas com respostas verificadas!

Instagram

Para chegar à conclusão, foram analisados dados e informações de 2.200 estudantes de 26 países diferentes. 90% eram alunos de doutorado e os outros 10% de mestrado.

Na média geral da população, 6% das pessoas apresentam sinais graves ou moderados de ansiedade e depressão. Entre esses estudantes, 41% se mostram grave ou moderadamente ansiosos e 39%, grave ou moderadamente depressivos.

O estudo foi feito por pesquisadores da Universidade do Texas e publicado revista científica Nature Biotechnology.

Fonte
Fonte.