Geral
Sophia Tagliaferri

Sophia Tagliaferri

Porque irritamos o frênico. Entendido? Não. Então vamos lá:

Na imagem: Soluço Spantosicus Strondus III, personagem de Como Treinar o Seu Dragão

O frênico é um nervo que controla o diafragma - o músculo que separa o tórax do estômago e é responsável pela nossa respiração. Quando mandamos o diafragma se contrair - inspiramos; quando mandamos ele relaxar - expiramos. Assim segue nossa respiração de boa até que ingerimos alguma coisa meio fora do comum - muito quente, muito gelada, bebida gaseificada, muito rápido, muita comida, etc. Aí o estômago incha demais e irrita o nervo frênico, que entende que tem coisa errada rolando. Então o nervo manda o diafragma contrair involuntariamente, inalando grande quantidade de ar a fim de desimpedir o sistema respiratório. Aí entra em ação a glote, que está na nossa traquéia e bloqueia a entrada demasiada e repentina de ar. Nisso soltamos aquele "hic". E o frênio insiste e os espasmos começam.

Ainda bem que a glote bloqueia o ar, pois senão inspiraríamos tanto ar num soluço que poderíamos morrer de hiperventilação. Estudos mostram que soluçamos ainda no ventre, para prevenir que o fluido amniótico entre nos pulmões.

E também existe o soluço crônico, quando dura mais de 48 horas e é considerado uma patologia, precisando de tratamento.

Geral
Diogo Silva

Diogo Silva

É para que ela seja mais visível nas situações de acidente, como em incêndios e no mar.

Ela é composta de aço inoxidável e titânico, podendo suportar pressão de até 6 mil metros de profundidade no mar e temperaturas de até 1.100° C por uma hora.

Existem duas explicações para o nome de caixa preta. A primeira é que os primeiros gravadores de dados aéreos usados nos Estados Unidos eram pretos. A outra é que os ingleses chamavam de black boxes as caixas de novos equipamentos eletrônicos, que geralmente vinham em caixas escuras.

Se vc encontrar o vídeo oculto, não conte a ninguém, apenas responda: vc já assistiu ou pretende assistir?

Geral
Mathias Aguiar

Mathias Aguiar

Por causa da contorção facial que você faz durante o bocejo.

Quando a gente abre o bico pra bocejar, os principais músculos do nosso rosto se movimentam e provocam uma grande pressão sobre as glândulas lacrimais, trazendo as lágrimas à tona.

O mesmo acontece com as glândulas salivares, que deixam a gente com água na boca porque são pressionadas pelos movimentos bocejantes.

Se vc bocejou lendo esta resposta, não conte a ninguém, apenas descreva seus movimentos faciais nos comentários.