WTF
O Spinner Fidget mais antigo do mundo pode nem ser um spinner fidget

Esse objeto encontrado no período da Mesopotâmia antiga (2.000-1.800 a.C.) se parece muito com um spinner widget, né?


Ou pelo menos, uma versão bem rudimentar do brinquedinho.

Uma das editoras da revista Wired, Arielle Pardes, postou esta imagem há alguns dias em seu twitter, como sendo o primeiro spinner que se tem conhecimento na história.

O curador chefe do Museu do Instituto Oriental, Jean Evans, discorda. Na opinião dele, este objeto é o pedaço de uma arma.

Mas há controvérsias. Na época que o objeto foi encontrado, em 1932, o escavadores especularam que ele poderia ser usado para adivinhação astrológica.

Será que afinal de contas o spinner tem alguma utilidade?

Conheça nossa sessão de perguntas com respostas verificadas!

Geral
Receita de pão mais antiga do mundo tem 14 mil anos

Pegue um pouco de farinha feita de trigo e cevada selvagem, adicione água, misture algumas raízes de plantas trituradas para dar sabor e asse. Segundo arqueólogos ingleses, essa é a receita de pão mais antiga do mundo. A massa era moldada em formato achatado e o sabor seria parecido com um pão multigrãos dos dias atuais, dizem os pesquisadores do University College of London. Encontrada na atual Jordânia, a receita data de 14 mil anos atrás. O registro mais antigo de algo similar havia sido achado na Turquia e tinha 9 mil anos.

Desse modo, há evidências fortes de que os humanos dominavam a panificação cinco mil anos antes do que os arqueólgos estimavam. De acordo com os cientistas, esse pão ázimo também era usado para enrolar a carne: assim sendo, os mesopotâmicos criaram também o primeiro sanduíche - um pão com carne rústico, por assim dizer. Em análise feita no microscópio, havia sinais de moagem, peneiramento - ou seja, um processo completo de panificação. O achado foi uma surpresa para os arqueólogos.

As populações que viviam há 14 mil anos naquela região da Jordânia onde foram achados os restos de pão viviam da caça e da coleta de frutas e cereais silvestres. Comiam gazelas e animais menores, como lebres e aves. Para os pesquisadores, o pão era uma comida para dias festivos e celebrações. Ainda de acordo com os cientistas ingleses, a fabricação do pão por essas populações mesopotâmicas pode ter impulsionado o desenvolvimento da agricultura, pela necessidade de cultivo desses cereais.

Fonte