Geral
Anônimo

Anônimo

Um estudo do Science Museum, de Londres, mostrou que isso depende do sexo das pessoas.

Siga-nos também no Vine! E não esqueça de ativar o áudio, passando com o mouse por cima da imagem

Seguem abaixo duas listas: uma com as 10 mentiras mais contadas pelos homens e outra com as 10 mais contadas pelas mulheres:


MENTIROSOS

1. Não bebi muito;
2. Está tudo bem;
3. Não tinha sinal no celular;
4. Não foi tão caro;
5. Estou chegando;
6. Estou preso no trânsito;
7. Não, você não fica gorda nessa roupa;
8. Desculpe, não ouvi o telefone tocar;
9. Você emagreceu; e
10. É o presente que eu sempre quis.


MENTIROSAS


1. Está tudo bem;
2. Não sei onde está, eu não mexi;
3. Não foi tão caro;
4. Eu não bebi muito;
5. Estou com dor de cabeça;
6. Estava na liquidação;
7. Estou chegando;
8. Já tenho essa roupa há um tempão;
9. Não, eu não joguei fora; e
10. É o presente que eu sempre quis.

O estudo indicou que cada homem britânico mente em média três vezes por dia, o que equivale a 1.092 mentiras por ano, enquanto as mulheres mentiriam em média duas vezes por dia - 728 vezes por ano.

O estudo também mostrou que os homens se sentem menos culpados por contar uma mentira, esses safados.

*Atualizada em 04/02/2013

Se vc encontrou o gif oculto, não conte a ninguém, apenas diga uma frase do personagem nos comentários do post.


Instagram

Você acha que a vida de todo mundo é a maravilha do que é publicado nas redes sociais? Que os influenciadores digitais não passam por perrengues diários? Que seus amigos estão realmente sempre sorrindo como se não houvesse um boleto para ser pago? Uma pesquisa da Kaspersky Lab mostrou que uma em cada dez pessoas distorce a realidade nas redes sociais para se sentir melhor.Continue lendo...

Instagram

Pesquisadores da Universidade College London, na Inglaterra, descobriram que o ato de contar mentiras, mesmo aquelas que parecem ser inofensivas e pequenas, acostuma o cérebro às emoções negativas associadas e, com o tempo, pode encorajar as pessoas a contar mentiras mais cabeludas.Continue lendo...

Geral
Luiz Henrique

Luiz Henrique

Ao que tudo indica, sim. Chorem ateus.

Foram encontrados vestígios de uma embarcação com as mesmas proporções (515 pés ou 157 metros) e no mesmo lugar descrito pela Bíblia - no monte Ararat, na Turquia (Gênesis, 8:4 - "E a arca repousou no sétimo mês, no dia dezessete do mês, sobre os montes de Ararate"). 

Os vestígios de madeira datam de 4.800 anos atrás, data que é plausível com o relato do dilúvio descrito no livro sagrado do cristianismo. Há também sinais de que a embarcação continha diversos compartimentos (para os animais?) e ligas metálicas feitas pelo homem. Pedras enormes com alças esculpidas, que funcionariam como âncoras, foram encontradas pelas redondezas e investigações mais a fundo com tecnologia de escaneamento por radar revelaram um padrão de vigas, quilhas, câmaras, sistema de rampa e ventilação.

Mas a história fica ainda mais curiosa:

Foram também encontrados nos arredores vestígios de cerâmicas com ilustrações de animais, um homem segurando um martelo e um homem soltando pássaros. Em algumas, foi identificado inclusive o nome de Noé. Não seria necessária essa ornamentação para uso próprio. Logo, é como se fossem... suveniers para turistas. #confuso

Pois é. Ou de fato a arca foi celebrada como um marco divino já na sua época OU (segundo os estudiosos mais céticos) ela foi construída simplesmente para ilustrar o mito de Noé. Seria ela, então, uma representação física, inspirada na lenda que já existia na época, para ser visitada pelo povo. Sorriam ateus.

Este não é o primeiro grupo que alega ter descoberto a real Arca. Abaixo, as fotos evidências encontradas.