Geral
Pesquisadores da USP criam dispositivo que pode tornar as viagens de helicóptero mais seguras e silenciosas

Pesquisadores da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP desenvolvem um dispositivo para reduzir a vibração produzida pelas pás dos helicópteros. O equipamento converte vibrações em energia elétrica aumentando a vida útil, velocidade, segurança e conforto da aeronave.

“Aeronaves de asas rotativas possuem níveis altos de vibração que causam desconforto e até danos à saúde de seus usuários. A fonte de vibração mais expressiva é a interação entre as pás de seu rotor principal e o ar”, afirma Marcel Clementino, integrante da equipe do projeto.

“Parte dessa vibração é transmitida do rotor principal para a fuselagem através das hastes de comando de passo, conhecidas como pitch links. “Os benefícios proporcionados pela redução dessas vibrações são bem conhecidos e incluem aumentar a vida útil da aeronave, reduzir os custos de manutenção”.

A proposta do projeto é incluir funcionalidades adicionais ao pitch link que, além de proporcionar o controle do comando da aeronave, como ocorre com o rígido tradicional, permitiria reduzir vibração e realizar a coleta de energia.

Chamado de SaPPL, o equipamento é dotado de uma estrutura eletromecânica flexível. O dispositivo possui um material piezelétrico (que atua na transformação da vibração em energia elétrica) chamado Macro Fiber Composite (MFC), acoplado a placas metálicas elásticas e a um circuito eletrônico.

A estrutura transfere os esforços mecânicos entre as pás do helicóptero e sua fuselagem. Ao girar, as pás vibram e essa vibração é transmitida ao pitch link. O dispositivo é capaz de aumentar a dissipação de energia de vibração ou modificar a rigidez efetiva do pitch link.

Fonte