Geral
Anônimo

Anônimo

Na Inglaterra. York é um ducado inglês, capital de Yorkshire, que é o maior condado da Inglaterra, com mais de 15 mil km quadrados e 5 milhões de habitantes. Esse é o condado que geralmente é dado ao segundo filho do rei, o príncipe que não subirá ao trono (tipo o Harry, hoje).

Agora que vc já sabe sobre a velha York, vamos explicar a nova:A cidade chamava Nova Amsterdan e era governada por holandeses. Em 1664, o capitão inglês Richard Nicholls atracou seus navios no porto e anunciou que tinha vindo para dominar. A população implorou para que o então governador holandês não entrasse em conflito (para poupar a vida dos cidadãos) e ele atendeu aos pedidos. Foi assim que o rei inglês Charles II virou dono da cidade e, para homenagear seu irmão James (que era duque de York), o rei rebatizou-a cidade de New (nova) York. Se vc encontrar a imagem oculta, não conte a ninguém, apenas diga se beija ou passa quem aparece na imagem.

Geral
Marcos Daniel

Marcos Daniel

O assassinato do arquiduque Francisco Ferninando foi a gota d'água. Mas falar que ele foi o motivo seria como dizer q só esta gota d'água encheu o copo todo. Uma guerra de proporções mundiais, como é de se esperar, é o desfecho de um cenário muito complexo. Vamos fazer um apanhado bem geral para explicar:

Francisco Ferdinando (que, embora tenha nome mexicano, era austro-húngaro) e sua esposa foram assassinados em Sarajevo (então parte do Império Austo-Húngaro), em 28 de Junho de 1914, por um grupo de rebeldes da Sérvia. Diante desta morte, o ministro das Relações Exteriores do Império Austro-Húngaro, o conde Leopoldo Berchtold, orientado pelo seu parceiro, o Império Alemão, mandou uma carta para o imperador da Sérvia exigindo, entre outras coisas, que o governo sérvio se responsabilizasse pelo homicídio e que agentes austríacos iriam se envolver nas investigações. A esta exigência, o imperador sérvio respondeu simplesmente que não. Ele foi turrão assim porque abaixar a cabeça pro governo austro-húngaro abalaria a soberania do seu próprio império, além do que ele já contava com um apoio da Rússia se rolasse uma briga. E foi o que rolou: Império Austro-Hungaro e Alemão vs Sérvia e Rússia.

Dae sabe aquela briga que os amigos vão chegando e tomando partido? Foi meio assim mesmo. Quando a Alemanha foi invadir a Rússia, no dia 1 de agosto, invadiu logo a aliada dela também - a França. Para isso, tomou Luxemburgo e Bélgica para aumentar o ataque na fronteira com a terra dos croissaints. Ao mexer com a Bélgica, os alemães chamaram pra si a fúria dos britânicos e pronto! Com tantas nações envolvidas, havia começado a Primeira Guerra Mundial.

Claro que este foi só o estopim. Muita coisa estava por trás: economia, alianças, disputas não-resolvidas, discrepâncias diplomáticas, movimentos reacionários, entre outros. O clima já estava tenso quando o arquiduque foi assassinado e estourou a guerra.

Depois dela, a geografia da Europa mudou bastante, como dá pra perceber no mapa. Então podemos dizer que a Primeira Guerra se deu pelo mesmo motivo que todas as outras: poder. Pela necessidade de domínio geográfico, econômico e cultural; pela ambição desmedida de uma das partes. Como muito bem definiu Juan Carlos Mejía, de 11 anos, guerra é "gente que se mata por um pedaço de terra ou de paz".