Geral
Brasil é o segundo time menos catimbeiro da Copa do Mundo de 2018

Levantamento realizado pelo site norte-americano FiveThirtyEight, especializado em análise de dados e estatísticas desmontou um dos mitos da Copa do Mundo de 2018. Segundo os dados, a ideia de que o Brasil seria um dos times mais catimbeiros da Copa e de que as quedas do atacante Neymar ajudam a retardar o jogo está completamente fora da realidade.

A análise do FiveThirtyEight mediu quanto tempo cada seleção gasta para realizar atividades como tiro de meta e substituições quando está à frente no placar. A ideia era mensurar a "cera" ou a catimba feita por cada time, Segundo o levantamento, a seleção de Tite é até mais rápida quando está em vantagem, com média de dois segundos a menos nas quatro situações de jogo analisadas: escanteios, faltas, tiros de meta, substituições e arremessos laterais.

O time que gastou mais tempo nessas situações foi o Peru – seis segundos a mais para cada uma delas. O Peru só esteve em vantagem diante da Austrália, na última rodada da fase de grupos. Para surpresa de muitos, o top five é completado por quatro seleções da Europa: Suécia (5,7), França (5,6) e Inglaterra (4) são as equipes que mais fizeram retardaram o jogo quando estavam ganhando.

Produzido pelo FiveThirtyEight, o quadro abaixo mostra a variação do "tempo gasto" ("time-wasting") por cada país ("country") em vantagem nos escanteios ("corners"), faltas ("free kicks"), tiros de meta ("goal kicks"), substituições ("subs"), arremessos laterais ("throw-ins") e a variação total em relação à média ("total average time above below all team average"). Note que Japão, Brasil e Polônia (em rosa) chegam a ser mais rápidos do que a média, mesmo quando estão vencendo.

O tema veio a tona nesta semana por conta das inúmeras críticas da imprensa inglesa à atuação de Neymar no jogo contra o México. Para os jornalistas ingleses, as reações do brasileiro são desproporcionais às faltas sofridas. No entanto, os dados, novamente desmentem o senso comum: com 24 faltas sofridas, Neymar é o jogador mais caçado da Copa.

Fonte