Geral
Bruno Carpinski

Bruno Carpinski

A goma de mascar vem dos gregos antigos, que mascavam gomas de árvores e outros vegetais. Hoje em dia é feita com vários derivados do petróleo, como parafina e resinas. Para dar cor e sabor, há porções de açúcar ou adoçante, xarope de glicose, corantes e aromatizantes.
O chiclete como conhecemos hoje foi patenteado pelo dentista William Semple, que criou o grude para ajudar no exercício de mandíbulas dos seus pacientes. 

Para saber mais sobre o processo de fabricação, veja este vídeo do Discovery Channel:

Mais algumas curiosidades sobre o chiclete:

- Chicle é o nome do látex extraído do sapotizeiro, árvore que dá uma fruta conhecida como sapoti.

- O consumo de chiclete aumentou na época da Segunda Guerra Mundial, onde era usado para aliviar o estresse das pessoas.

- Os brasileiros tiveram contato com os chicletes industrializados durante a Primeira Guerra Mundial através do contato com soldados norte-americanos.

- Existe um estudo feito pela Universidade de Nothumbria, na Grã-Bretanha, que reúne evidências que sugerem que o hábito de mascar chicletes pode ser bom para a memória e a inteligência. Segundo os pesquisadores, a freqüência dos movimentos feitos para mascar causam um aumento na freqüência cardíaca. Eles acreditam que isso faça aumentar a oxigenação do cérebro, dando mais eficiência às suas funções.

- Os três maiores produtores de chiclete do mundo são os Estados Unidos, com 224 mil toneladas por ano, pela China, com 148 mil toneladas e Brasil, com 57 mil toneladas anuais.

Geral
Anônimo

Anônimo

O que essa foto de sorvete está fazendo numa resposta sobre nuggets? Surpresa - isso não é sorvete. :) Anote a receita:

Ingredientes: tudo que sobrou de um frango. Sim: olhos, ossos, patas, miúdos, bico, etc.

Como fazer: triture tudo bem trituradinho até que vire essa massa rosada e cremosa parecida com um sorvete. Para tirar as bactérias, inclua amônia (sim, a mesma de produtos de limpeza) na receita.

Como servir: vai ficar muito fedido, então coloque um aromatizante para disfarçar e um pigmento para dar uma cor mais próxima à de carne mesmo. Corte em pedaços, empane, frite e sirva.

O nugget é o reaproveitamento de muito material que seria desperdiçado. A ciência de alimentos também inclui aumentar a quantidade de comida produzida tornando atraente partes, digamos, não tão atraentes.

Eai, quem tá afim de nugget aí?

Geral
Helena Madeiro

Helena Madeiro

Se vc acreditou quando disseram que a mortadela é feita de carne de cavalo, está absolutamente certo. Todavia, para encontrar uma destas, vc vai ter q garimpar muito e pagar um preço bem salgado, pois é uma iguaria difícil de se encontrar até na própria Itália, onde nasceu o embutido, pouco antes de 1400, na região da Bolonha. Nas terras tupiniquins a moda não pegou porque, afinal, não é só vc q acha repugnante a idéia de comer cavalo.

A receita da mortadela não chega a ser tão nojenta quanto a do nugget, mas também é um mexidão. Papel e caneta em mãos?

RECEITA MORTADELA COMUM 

- Carne bovina (da parte dianteira);

- Carne suína (paleta, sobras cruas do presunto e da copa);

- Cubinhos de gordura feitos da papada do porco;

- Miúdos de vários de animais de açougue (estômago, coração, língua, fígado, rins e miolos);

- Pele e tendões diversos;

- Amido;

- 1 gato;

- pimenta preta;

Modo de Fazer:

Reserve a bexiga, a gordura, os temperos e o gato. Jogue todo o resto numa bacia e vá moendo e moendo. Quando vc achar que está bom, moa mais ainda. Até ela virar um patê que passe numa prensa de menos de 1 mm de espaço (dê um jeito de arrumar uma). Adicione os temperos, mexa MAIS e então junte os cubinhos de gordura. Mexa mais. Mexa mais um pouquinho. Pegue a mistura e enfie na bexiga (de festa de aniversário não serve) e cozinhe por umas 2 horas. Enquanto isso, pegue o gato e se distraia gravando vídeos fofos com ele e poste no instagram marcando o @muitointeressante. Depois passe um verniz (alimentício, de preferência), deixe no refrigerador e se delicie.

As variações da mortadela se baseiam no tipo de carne usada e sua porcentagem na composição. A Bologna, por exemplo, vai músculo e não vai amido. A de frango, claro, é feita de frango. 

O nome tem duas origens possíveis: ou vem do pilão que era usado para moer a mortadela, o mortaio, ou deriva do tempero que os romanos usavam na mortadela original - a murta. 

Por ser barato, este frio foi jogado no limbo dos alimentos bregas e desvalorizados. Mas isso está mudando. Com a importação de mortadelas mais saborosas, algumas cozinhas refinadas já estão levando em consideração o que nós já sabíamos: a mortadela é uma delícia! Por ter estrelado o filme La Mortadella, Sophia Loren é considerada a madrinha da mortadela.