Geral
Joseph Val

Joseph Val

Isso mesmo, o dia aqui na terra não dura exatas 24 horas. Isso pode ser medido em relação às estrelas - se vc colocar o foco de um telescópio em uma estrela e ligar o cronômetro, verá que ela só aparecerá ali novamente depois desse tempo exato. ;-)

Veja tempo de duração dos dias nos outros planetas:


Na imagem acima, Oberon, uma das luas de Urano. ;-)


Sabemos que Plutão foi rebaixado para o status "Planeta Anão" em 2006, mas ele ia se sentir muito excluído se não fosse citado, então para nos livrar do remorso, aí vai:

Pronto, agora estamos de consciência tranquila! Ufa!

Onde está o Pluto?

Geral
Matheus Nazario Pedroso

Matheus Nazario Pedroso

Simplesmente porque os raios do Sol ainda a iluminam. Ao contrário do que muitos pensam, a Lua não está sempre do lado oposto do sol, protegida pela Terra. Vejam o eclipse, por exemplo, que é exatamente quando ambos se encontram. A propósito, é mais comum vê-la de dia quando está nas fases minguante (fica visível de manhã) e crescente (fica visível de tarde).

Geral
Gabriel Miranda

Gabriel Miranda

Ao contrário da maioria das línguas, que deriva os nomes dos dias da semana de deuses gregos ou nórdicos, em português é meio sem graça: ordem numérica mesmo - segunda é o segundo dia, terça é o terceiro e assim vai até sexta. Sábado vem do termo hebreu sabbath, o sagrado sétimo dia, quando Deus descansou e domingo vem do latim "Dies Dominic", que significa "Dia do Senhor". Por isso que não trabalhamos nesses dias - são biblicamente reservados. Já o termo "feira" é mais interessante:

Na cidade portuguesa de Braga, o bispo já havia instituído que, na semana santa (aquela que antecede a Páscoa), os dias deveriam ser acompanhados da palavra "feira" ou "feria", que significa "descanso", "feriado". Então, quando aboliram os nomes pagãos e substituíram pelos numéricos, aproveitaram para oficializar o "feira" mesmo.

Geral
Anônimo

Anônimo

Por conta da inclinação do globo. Como sabemos, o globo terrestre nem é 100% esférico (é levemente achatado) e tem o eixo inclinado (atualmente a inclinação é de 23,45 graus). Essa inclinação faz com que a incidência do sol não seja uniforme na superficie do planeta durante o ano todo. Como resultado disso temos as estações do ano e o chamado Sol-da-meia-noite, que é exatamente quando o circulo polar ártico ou antártico (em alguns meses do verão) fica mais apontado para o Sol, chegando a receber até 24 horas ininterruptas de luz. 

Vale lembrar que, enquanto isso, o outro pólo está na escuridão. Na região da Lapônia Central, o sol fica 51 dias sem aparecer. Haja vela.

Geral
Leo Bueno

Leo Bueno

Muito quente, porém congelante. Confuso, né? Calma, a gente explica. Dos planetas conhecidos, Mercúrio é o que tem a maior amplitude térmica do sistema solar - durante o dia chega a atingir 430ºC e durante a noite a temperatura cai para aproximadamente -180ºC. Oi, choque térmico.

Geral
Leandro Versiani

Leandro Versiani

Valentine's Day: Na maioria dos países do Hemisfério Norte comemora-se o dia dos namorados (ou Valentine's Day) dia 14 de fevereiro. Tudo começou com uma ordem do imperador Cláudio II de Roma, que - no século III - decidiu proibir o casamento, para dispor de mais homens solteiros em seus exércitos. Mas Valentim, um sacerdote romântico, continuou celebrando casamentos em segredo, desacatando o imperador. Quando Cláudio II descobriu, condenou Valentin à morte. Enquanto aguardava pelo seu fim, o sacerdote recebia muitos bilhetes e flores de jovens, dizendo que ainda acreditavam no amor. Durante este período, ele teria se apaixonado Asterius, moça cega, filha de seu carcereiro. Reza a lenda que ela teria voltado a enxergar graças a um milagre de Valentim. Antes de ser executado, no dia 14 de fevereiro, ele teria deixado uma bela carta de despedida para sua amada, assinando com a expressão "seu Valentim". É por isso que estadunidenses, britânicos e outros assinam suas cartas de Valentine's Day com "Your Valentine".

Também há uma outra história, da Roma Antiga. Havia um festival chamado Lupercalia, que sempre acontecia no início da primavera, 15 de fevereiro. Era costume que um dia antes dos festejos os nomes das moças solteiras fossem colocados em recipientes e sorteados pelos rapazes. Estes casais se tornariam namorados durante os dias do festival, ou até que a morte os separasse.

Mas por quê o dia dos namorados é comemorado no dia 12 de junho no Brasil?
Infelizmente a história aqui não é tão romântica. No final da década de 40 um grupo de comerciantes paulistas estava insatisfeito com o volume de vendas nessa época do ano. A solução veio da agência Standart Propaganda, onde o publicitário João Dória criou o slogan "Não só de beijos vive o amor". O dia 12 foi eleito pelos estrategistas por ser véspera de Santo Antônio, conhecido como casamenteiro. A jogada deu certo. Hoje o dia dos namorados é uma das datas mais lucrativas do comércio brasileiro e os corações apaixonados movimentam milhões de reais em nome do amor.