Geral
Anônimo

Anônimo

Pq a origem do nome "verde" não tem nada a ver com a fruta limão, diferente do laranja que está diretamente ligado à fruta. Veja as origens:


Limão:

Os primeiros limões conhecidos foram encontrados na Pérsia, onde a palavra LIMUN significa "fruta cítrica" - daí o nome.

Laranja (fruta):

Vêm do Sânscrito naranga, através do Persa narang e do Árabe, narang e larang. Esses nomes são citados por etimólogos como uma variação do Árabe tânger (tangerina). "Mas o que é que a tangerina tem a ver com essa história?" Calma, a gente explica: A laranja é um fruto híbrido, criado na antiguidade a partir do cruzamento da cimboa com a tangerina (que ganhou esse nome devido ao porto de Tânger, no Marrocos de onde as tangerinas eram exportadas para a Europa).


Laranja (cor): quando os árabes voltaram da Europa com um carregamento de uma fruta nova chamada "laranja", associaram o nome da fruta à cor.

Verde: também foi baseado em frutas. Quando a fruta está crescendo, geralmente tem a cor verde. Em latim, o verbo "viver" significa crescer. Logo, quando a fruta estava crescendo, ela estava "vivere", que virou "verde".

Encontrar 2 gifs ocultos é fácil, quero ver encontrar o terceiro e colar o link nos comentários.

Geral
Anônimo

Anônimo

Por causa do urobilinogênio (tente ler 3 vezes sem errar).

Nosso fígado filtra o sangue, retirando dele algumas impurezas. Entre elas está a bilurrubina. Estas impurezas são enviadas para o rim a fim de serem expulsas do nosso corpo. É lá que a bilirrubina se transforma no urobilinogênio, que é amarelo. E a água consegue dissolver o urobilinigênio. Ou seja: se seu xixi está com um amarelo muito forte, quer dizer que você precisa tomar mais água. E a cor da urina continua te informando sobre a sua saúde, fique atento:

Esverdeado: não, você não está se transformando em uma árvore. Se estiver tomando medicamentos, é normal, pois o azul de alguns medicamentos se mistura com o amarelo fazendo o xixi verde. Se não, é sinal de bactérias, de roupa muito apertada ou de que você fica segurando por muito tempo, o que não deve ser feito.

Castanho: problemas no fígado ou esforços físicos demais. 

Vermelho: pode ser coloração de alimentos (beterraba, quem nunca?), anti-inflamatórios ou vestígios de sangue, o que é preocupante, pois pode indicar cálculo renal, anemia ou até câncer. 

Arroxeada: infecção urinária.

Enegrecida: provavelmente é uma doença genética e rara: a alcaptonúria.

De qualquer forma, se você notar uma alteração significativa na cor da sua urina, procure orientação médica.

Geral
Anônimo

Anônimo

Pq as palmas das mãos têm pouca melanina, assim como as plantas dos pés. A melanina - pigmento que dá cor e nos protege naturalmente do sol - é produzida a partir da incidência de radiação solar numa célula chamada melanócito. 

As palmas das mãos e plantas dos pés sofrem muito atrito. Com isso, a pele acaba ficando mais grossa e áspera, dificultando a passagem dos raios solares.  Sem sol, os melanócitos produzem menos melanina e, portanto, essas regiões ficam mais claras. 

Geral
Bruno Ferreira

Bruno Ferreira

Vem da original, que é "Corro de burro quando foge". "Corro", do verbo correr, acabou virando "cor de" com o passar do tempo. Seguindo a frase atual, muitos acham que tem alguma relação com a coloração bege pálida do animal, mas não - tem a ver com seu temperamento.

O burro é um animal muito tranquilo, mas quando se irrita, é agressivo e incontrolável. Por isso diziam que, se um burro se rebelou e fugiu, é melhor correr dele. 

Geral
Anônimo

Anônimo

Por causa dos seus hormônios que atuam nos Cromatóforos. Simples!

Os camaleões usam a estratégia da camuflagem para caçar e se defender. Seus tons variam entre verde, rosa, azul, amarelo, vermelho, marrom e preto, e podem ser confundidos com galhos, folhas e troncos. Assim que o cérebro do animal identifica as cores do local onde ele está, o corpo do camaleão produz e libera hormônios que atuarão nas células que dão cor à sua pele, os cromatóforos. O camaleão identifica as cores, envia um sinal para a Hipófise, essa região do cérebro aciona os hormônios que dão cor às celular da pele e TCHARAM, temos um camaleão novinho em folha. Ou em novinho em galho, depende de onde ele está. Sendo assim, logo que a retina reconhece as cores do ambiente, a troca do pigmento da pele se torna involuntária. Ou seja, um camaleão cego não sobreviveria na floresta porque não conseguiria reconhecer as cores do ambiente, e ficaria exposto aos perigos da cadeia alimentar.