Geral
Castigo? Polvo que acertou resultados do Japão na primeira fase virou sushi antes de derrota para a Bélgica

Oito anos depois do sucesso do polvo Paul, animal que previu corretamente os resultados da Copa de 2010 na África do Sul, Rabiot, também um polvo, havia previsto com sucesso os resultados dos jogos do Japão na primeira fase do Mundial da Rússia. Porém, ele teve um fim diferente de Paul, que morreu de velhice: Rabiot foi morto e enviado a um mercado de peixes, de acordo com a mídia japonesa. Continue lendo...

Geral
Mal de Montezuma: quem elimina o México não ganha a Copa

Eliminado pela Bélgica após a derrota de 2 x 1, nesta sexta-feira (6), em Kazan, o Brasil se junta a um grupo de países afetados pelo "Mal de Montezuma": quem elimina o México em Copas nos últimos sete Mundiais volta para casa sem a taça. Em 2014, foi a Holanda, que parou na semifinal contra a Argentina. Já em 2010, a Argentina fez 3 x 1 nos mexicanos e tomou 4 x 0 da Alemanha nas quartas. Em 2006, a situação foi idêntica: os argentinos bateram os mexicanos e perderiam nos pênaltis para a Alemanha nas quartas. Continue lendo...

Geral
Sabe que dia é hoje? Há 88 anos, acontecia a primeira partida da história das Copas

Esta sexta-feira marca uma data importante para a Copa do Mundo. Em 13 de julho de 1930, um domingo, França e México disputavam a primeira partida da história dos mundiais, dando início a uma história que já conta com 88 anos, 21 edições e mais de 900 partidas disputadas. Aos 19 minutos do primeiro tempo Lucien Laurent, aproveitando uma furada do zagueiro Rosas após cruzamento de Langillier, marcou o primeiro dos 2369 gols anotados até o Inglaterra e Croácia desta quarta-feira (11). Continue lendo...

Geral
Você sabe porque a vitória do azarão nos esportes leva o nome de zebra?

Sempre que um time mais fraco vence um favorito, os narradores e analistas esportivos dizem que "deu zebra". O primeiro resultado inesperado da história da Copa do Mundo aconteceu no ano de 1950, aqui no Brasil. Em partida disputada em Belo Horizonte, os Estados Unidos, com um time semiamador, bateram a Inglaterra, país inventor do esporte e uma das seleções mais fortes daquela Copa, pelo placar de 1 x 0. Mas você sabe a origem do termo?

A expressão foi criada pelo então técnico da Portuguesa-RJ, Gentil Cardoso, antes do jogo válido pelo Campeonato Carioca de Futebol de 1964 contra o Vasco da Gama. Gentil Cardoso, em entrevista a um repórter de campo, disse que o resultado do jogo seria "zebra". A origem do nome vem do jogo do bicho, que não tinha a zebra entre os vinte e cinco animais a serem sorteados. Ou seja, era impossível sortear a zebra. No fim a Portuguesa venceu o Vasco por 2 a 1.

Fonte

Geral
Na Copa do Mundo socioeconômica, a Islândia seria campeã e o Brasil o último em seu grupo da Copa

Se a Copa do Mundo fosse disputada no campo socioeconômico, a grande campeã seria um pequenino país de 350 mil habitantes no norte da Europa: a Islândia. A ilha viking, que hoje empatou com a Argentina de Messi, tem a melhor qualidade de vida do mundo, segundo pesquisa do banco dinamarquês Saxo Bank. Na final, eles derrotariam os vizinhos dinamarqueses. Alemanha e Japão fariam a disputa de 3o e 4o lugares.

A classificação das seleções é baseada em três fatores: o mercado de ações e a economia seriam o ataque; a desigualdade seria o meio de campo; já o índice de pobreza seria a defesa de cada seleção. A Islândia ganharia a Copa do Mundo socioeconômica por seu baixo índice de desigualdade e pela pouca miséria, conforme mostram os dados do Saxo Bank.

Favoritos como Espanha, França, Argentina cairiam já na primeira fase. O Brasil faria ainda mais feio, ficando na lanterna do grupo E - que tem Suíça, Costa Rica e Sérvia. Steen Jakobsen, autor do estudo, reconhece a capacidade futebolística brasileira, mas aposta que a Seleção perderá para a Bélgica nas quartas de final.

Fonte

Geral
Desde 2006, o Brasil só vence países que começam com a letra C em Copas

Uma constatação interessante antes do segundo jogo do Brasil na Copa do Mundo de 2018: desde 2006 (quando venceu Gana), o Brasil só vence equipes cujos nomes começam com a letra C. Dá só uma olhada na lista:

2006
França ❌

2010
Coreia do Norte ✅
Costa do Marfim ✅
Portugal ⏹
Chile ✅
Holanda ❌

2014

Croácia ✅
México ⏹
Camarões✅
Chile ✅
Colômbia✅
Alemanha ❌
Holanda ❌

2018

Suíça ⏹
Costa Rica ✅

PS - no alfabeto cirílico, Sérvia se escreve Србија. Tomara que continue dando sorte.

Geral
Você sabe tudo sobre a Copa do Mundo? Veja 7 curiosidades sobre o Mundial

A bola já está rolando em terras russas. Na abertura da Copa do Mundo, nesta quinta-feira (14), a Rússia aplicou 5 x 0 na Arábia Saudita, em Moscou. Na sexta-feira, acontece o outro jogo da primeira rodada do grupo A, Uruguai x Egito e dois jogos do grupo B: Irã x Marrocos e Espanha x Portugal - esse último, candidato a ser um dos melhores jogos da 1a fase da Copa. Enquanto os times esquentam os motores, vamos ver o que você sabe sobre a Copa do Mundo.

A Copa do Mundo é realizada desde 1930, de quatro em quatro anos - com um hiato no período da segunda guerra mundial, que suspendeu as competições de 1942 e 1946. A Copa de 2018 é a 21a edição do torneio.

La vêm eles de novo: A Alemanha é a seleção que mais marcou gols na história das Copas: 224 tentos. O Brasil vem logo em seguida, com 221 gols. Em 20 edições, foram marcados 2379 gols, média de 2,84 gols por partida.

Brasil e Alemanha, por serem recordistas em participações, são as seleções que mais disputaram jogos de Copa do Mundo. Em 20 participações, o Brasil jogou 104 partidas; a Alemanha, com 18 participações disputou 106 jogos.

Os cartões amarelo e vermelho são uma novidade recente na Copa do Mundo: foram adotados na Copa de 1970, no México. Até a Copa de 1966, disputada na Inglaterra, as advertências do juiz eram verbais.

Desde então, foram aplicados 2,2 mil cartões, média de 3,27 por jogo - maior que a média de gols por partida. A campeã de cartões amarelos recebidos é a Argentina, com 120 advertências.

A Copa de 2006, na Alemanha, foi recordista em cartões vermelhos: 28 - só no jogo Portugal x Holanda foram 4 expulsões. Apenas as edições de 1930, no Uruguai e de 1950, no Brasil, não tiveram jogadores expulsos. O Brasil é recordista em expulsões: 11 vermelhos em 20 edições.

O recorde de público em um jogo da Copa do Mundo é da final de 1950, entre Brasil e Uruguai: 174 mil pessoas estavam presentes no Maracanã. Para se ter ideia, apenas 167 dos 5600 municípios brasileiros tem população maior do que o público desse jogo!

Fonte

Geral
Show dentro e fora de campo: senegaleses recolhem lixo após vitória sobre a Polônia

Além da vitória por 2 x 1 contra a Polônia, no encerramento da primeira rodada do grupo H da Copa do Mundo de 2018, nesta terça-feira (19), Senegal deu show também fora de campo. Num exemplo de civilidade, os torcedores senegaleses recolheram todo o lixo do setor da arquibancada onde estavam presentes no Spartak Stadium, em Moscou.

Uma atitude semelhante à dos torcedores japoneses na Copa de 2014, que limparam a arquibancada após o jogo contra a Costa do Marfim na Arena Pernambuco, no Recife. Os nipônicos repetiram a dose em 2018, ao recolher o lixo após o jogo com a Colômbia, na Arena Mordóvia. Na próxima rodada, acontece o jogo entre Japão e Senegal - uma garantia de limpeza do estádio após a partida.

Fonte

Geral
Prepare o coração: com Tite, 64% dos gols do Brasil saíram no segundo tempo

O Brasil joga contra a Sérvia em Moscou, nesta quarta-feira (27), precisando só do empate para avançar às oitavas de final da Copa do Mundo de 2018. Mas esteja preparado para sofrer: dos 50 gols feitos pela seleção brasileira sob a batuta de Tite, 32 foram feitos no segundo tempo – 64% do total. Contra a Costa Rica, a seleção brasileira precisou até mais que 90 minutos para vencer. Coutinho, aos 46 minutos, e Neymar, aos 52, marcaram os gols que garantiram a primeira vitória da equipe no Mundial. Com o resultado, o Brasil é líder do grupo E, com 4 pontos - mesma pontuação da Suíça, que perde no saldo de gols (2 contra 1).

Com Tite no comando, a Seleção, marcou em 20 das 23 partidas. A equipe passou em branco apenas na derrota para a Argentina por 1 a 0 – a única sofrida na era Tite, e nos empates contra Inglaterra e Bolívia, ambos por 0 a 0. Apesar da maioria dos gols da seleção ter acontecido no segundo tempo, a vantagem construída na etapa inicial fez diferença. Em 8 das 18 vitórias, o Brasil abriu o placar no primeiro tempo e manteve a vantagem até o intervalo. Apenas contra a Colômbia, pelas eliminatórias, e diante da Suíça, na estreia do Mundial, a seleção terminou a etapa inicial vencendo e sofreu o empate no segundo tempo.

Fonte

Geral
Essa moça acertou os resultados de TODOS os jogos do mata-mata da Copa de 2018

Juliana Azeredo é uma estagiária de publicidade de Niterói de 20 anos e, como a maioria das pessoas, resolveu brincar de apostar nos resultados da Copa do Mundo. Em seu perfil no Twitter, Juliana postou os palpites para os 16 jogos do mata-mata do Mundial da Rússia. O resultado é impressionante: a moça acertou o vencedor dos 16 jogos. Segundo a estatística, a chance de isso acontecer é de 0,001%. Praticamente um milagre estatístico. Em entrevista ao blog Muito Interessante, ela revelou como apostou para acertar os resultados dos 16 jogos. Continue lendo...