Geral
Cristiano Ronaldo não tem tatuagens - e o motivo é muito nobre

Cristiano Ronaldo foi o nome do jogo entre Portugal e Espanha, disputado nesta sexta-feira (15), na estreia das seleções no grupo B da Copa do Mundo. Mas não é só dentro de campo que Ronaldo é craque. Muitos dos jogadores do Mundial tem tatuagens no corpo. Ronaldo, no entanto, não se deixa levar pela moda e nunca fez um desenho sequer no corpo. A escolha do português, porém, nada tem a ver com questões estéticas, e sim um outro motivo – que é bastante nobre, aliás.

CR7 revelou que não tatua o corpo porque doa sangue regularmente; se o fizesse, teria de parar de praticar a boa ação. Pessoas que tenham feito tatuagens não podem doar sangue pelo prazo de um ano. A precaução acontece para prevenir a transmissão de doenças como a hepatite. As tatuagens são comuns entre os jogadores da seleção brasileira - a maioria tem a pele desenhada. Neymar e Gabriel Jesus são alguns dos atletas com mais artes espalhadas pelo corpo.

Fonte

Geral
Anônimo

Anônimo

Em 1930, no Uruguai, que foi o grande campeão. Neste ano não foram feitos jogos eliminatórios, os 13 times que participaram foram convidados da FIFA. As duas copas seguintes ocorreram normalmente (1934 e 1938), mas as copas de 1942 e 1946 foram suspensas devido a 2º Guerra Mundial. Em 1950 a competição voltou e nunca mais teve interrupções. A copa de 1950 aconteceu no Brasil, que perdeu a final por 2x1 para o Uruguai.

Geral
O Brasil tem maiores chances estatísticas de ganhar a Copa do Mundo, diz levantamento da The Economist

Em previsão divulgada neste sábado (16), a revista inglesa Economist prevê que o Brasil ganhará a Copa do Mundo de 2018. Segundo a publicação, o Brasil tem até 32% de chances de trazer a Copa do Mundo para casa. O Brasil estreia neste domingo pelo grupo E do Mundial contra a Suíça em Rostov. Costa Rica e Sérvia são as duas outras seleções da chave. Mas por quê é tão difícil prever resultados em futebol?

Para responder isso, a revista criou um modelo para a razão de um país ser bem-sucedido no futebol. “Analisamos dados históricos e dezenas de fatores que ajudam no sucesso de uma seleção”, explicou a revista. Um dos pontos analisados foi quantos jogadores potenciais um país tem, pela chance de revelar mais talentos. Neste quesito, a liderança é da Alemanha, com 16 milhões de jogadores potenciais, enquanto a Islândia ficou na lanterna, com apenas 32mil jogadores.

A popularidade do esporte foi outro fator que entrou no modelo da The Economist que usou as buscas do Google como parâmetro para mostrar a paixão do país pelo "jogo bonito". Os países africanos ficaram no topo da análise neste quesito, enquanto Índia e Paquistão, nos últimos lugares. Recursos financeiros foram também um ponto analisado - Alemanha, Inglaterra e Suíça saem na dianteira da Copa do Mundo deste ano nesse aspecto.

No entanto, existem alguns pontos "fora da curva": Croácia, Costa do Marfim e Uruguai. “O que os torna bons no futebol?”, questionou a revista. Para a Economist, os três países incentivam seus jogadores a serem criativos. Em segundo lugar, extensas redes de olheiros capturam jogadores talentosos. Por fim, eles exploram a rede global de know-how do futebol, tanto exportando jogadores para a Europa como trazendo os principais técnicos.

Fonte

Geral
Será que vem o hexa? Veja 8 coincidências entre as Copas de 2002 e 2018

O Brasil conquistou o pentacampeonato em 2002 e, desde então, amarga 3 Copas seguidas sem sequer ser finalista do Mundial. No entanto, uma série de coincidências entre a Copa de 2002 e a Copa de 2018 podem servir para deixar o torcedor animado para o Mundial que começa no próximo dia 14 de junho. Vamos ver quais são esses fatos:

2002
Kleberson, volante contestado, pouco aceito pela torcida, negociado com o Manchester United às vésperas da Copa
2018
Fred, volante contestado, pouco aceito pela torcida, negociado com o Manchester United às vésperas da Copa

2002
Treinador gaúcho, foi campeão e ídolo da torcida de um clube paulista antes de assumir a Seleção
2018
Treinador gaúcho, foi campeão e ídolo da torcida de um clube paulista antes de assumir a Seleção

2002
Ronaldo, nosso camisa 9, sofreu uma lesão poucos meses antes da Copa, mas recuperou-se a tempo de jogar o Mundial
2018
Gabriel Jesus, nosso camisa 9, sofreu uma lesão poucos meses antes da Copa, mas recuperou-se a tempo de jogar o Mundial

2002
Emerson, capitão do time e homem de confiança do treinador, machucou-se e foi cortado do time
2018
Daniel Alves, capitão do time e homem de confiança do treinador, machucou-se e foi cortado do time

2002
Time chegou à Copa desacreditado depois de, no torneio anterior, tomar uma surra desconcertante da França, que foi campeã
2018
Time chegou à Copa desacreditado depois de, no torneio anterior, tomar uma surra desconcertante da Alemanha, que foi campeã

2002
Costa Rica no mesmo grupo que o Brasil
Nigéria no mesmo grupo que a Argentina
2018
Costa Rica no mesmo grupo que o Brasil
Nigéria no mesmo grupo que a Argentina

2002
O lateral esquerdo Roberto Carlos, melhor do mundo na posição, era titular absoluto do Real Madrid. Conquistou a UCL no ano da Copa
2018
O lateral esquerdo Marcelo, melhor do mundo na posição, é titular absoluto do Real Madrid. Conquistou a UCL no ano da Copa

2002
Ronaldinho Gaúcho era o camisa 10 do PSG
2018
Neymar é o camisa 10 do PSG