Geral
Guilherme Lourenço

Guilherme Lourenço

Hoje a expressão significa que a pessoa não deve ficar ansiosa para obter alguma resposta, que deve se acalmar, não ter expectativas. A origem está lá no século XIX, quando cavalos eram o meio de transporte mais comum. Daí que, quando se chegava na casa de alguém, se amarrava o cavalo à frente da casa. Mas, se o assunto se prolongava ou acontecia algum imprevisto (que fazia com que o visitante perdesse as expectativas de ir embora cedo), já avisavam para guardar o cavalo, caso chovesse. "Melhor tirar o cavalo da chuva" - e virou expressão.