Geral
Trave do 7 x 1 será doada à Alemanha e rede será revertida em dinheiro para caridade

Depois de quatro anos, os 7 x 1 sofridos pelo Brasil na semifinal da Copa do Mundo de 2014 voltam a ser notícia. Mas por uma boa causa: a rede que levou cinco gols alemães no primeiro tempo e o gol de honra do Brasil, marcado por Oscar, será repartida em 8150 pedaços, que serão vendidos para quem quiser uma relíquia daquela partida. O dinheiro será revertido para caridade e cada pedaço custará 71 euros (300 reais), numa referência ao placar do jogo.

A iniciativa surgiu de um acordo entre a administração do Mineirão, consulado da Alemanha no Brasil e a Dahw - ONG alemã que há 60 anos capta recursos para tratar pessoas com hanseníase. O acordo foi anunciado nesta terça feira (5) no gramado do estádio. A partir da semana que vem, uma das traves do 7 x 1 estará exposta no Museu do Futebol Alemão, em Dortmund.

Segundo Burkard Kömm, CEO da Dahw, “a ideia é inverter o 7 a 1 investindo em projetos sociais no Brasil". Não é um leilão ou venda: quem doar para tratamento da hanseníase receberá um único pedaço da rede - não importa se a doação é de 71 euros ou 1 milhão de euros, destacou Kömm. A gerente de relações institucionais do estádio, Ludmila Ximenes, procurou o consulado alemão para “tentar extrair algo positivo daquele jogo” e conheceu o trabalho da Dahw.

As ações começaram há algumas semanas, mesmo antes da apresentação oficial do projeto e já deram resultado. A trave e as redes embarcam para a Alemanha na semana que vem acompanhadas de 100 mil euros (cerca de R$ 450 mil) arrecadados junto a patrocinadores. O valor total das doações pode chegar a R$ 2 milhões, segundo a Dahw.

Fonte

Geral
Rihanna é um mito dos projetos sociais: 20 milhões de crianças ajudadas e US$ 2,3 bilhões arrecadados em 2018

A cantora norte-americana Rihanna é empenhada em projetos sociais, e, por meio da sua Ong, luta pela educação mundial. Os projetos tem trazido resultados bastante positivos:

- 18.5 milhões de crianças foram ajudadas em 2017.

- 76% das crianças terminaram o estudo primário e 37% foram matriculadas na pré-escola.

- 96% dos projetos educacionais atingiram os padrões de qualidade e 79% dos países parceiros aumentaram o financiamento interno para a educação.

Em 2018, Rihanna se tornou embaixadora da educação e arrecadou US$ 2,3 bilhões para países do continente africano em 2018. A GPE agora luta pelas 28 milhões de meninas que não estudam por gravidez, por casamento precoce e pobreza.

Recentemente, RiRi ultilizou sua conta no Twitter para pressionar autoridades da Holanda a doar cerca de US$ 100 milhões para seus projetos sociais. Ela obteve resultado positivo em sua tentativa e agora conta com o apoio do país na próxima conferência mundial sobre educação.

Fonte