Geral
Anônimo

Anônimo

Atualmente é Miracle Milly, uma Chihuahua de apenas 9,6 cm que vive em Porto Rico. 

http://bit.ly/1glEApc


http://bit.ly/1glEApc

A cadelinha recordista tem até uma página no Facebook com mais de 230 mil fãs. Lá "ela posta" detalhes sobre sua vida canina. Foi de lá que tiramos essas fotos. Não é fofa?

Se vc encontrou as três imagens ocultas, não conte a ninguém, apenas responda: qual deles nasceu e vive no Brasil?
Colaborou Andrea Vaz

Instagram

Você tem filhos? Muitas pessoas dizem que sim, se referindo a seus cães de estimação: "sou mãe de um labrador". Essa ligação especial entre o ser humano e o cachorro é construída por meio de um processo hormonal ativado quando se olham, semelhante ao que se dá entre mãe e filho.

O cientista Miho Nagasawa, da universidade japonesa Azabu, comprovou como o olhar entre o cachorro e seu dono dispara nos dois os níveis de ocitocina no cérebro, hormônio relacionado a padrões sexuais e a conduta paternal e maternal.

A ocitocina atua também como neurotransmissor no cérebro e tem um papel importante no reconhecimento e estabelecimento de vínculos sociais, assim como na formação de relações de confiança entre as pessoas.

Para realizar esta pesquisa, os cientistas puseram vários cachorros com seus donos em um quarto e documentaram cada interação entre eles durante 30 minutos. Depois, mediram os níveis de ocitocina tanto na urina dos cães como na de seus donos e descobriram que o contato visual constante entre eles elevou os níveis do hormônio nos cérebros de ambos.

Ocitocina no focinho: em um segundo experimento, os pesquisadores passaram ocitocina nos focinhos de alguns cachorros e os colocaram em um quarto com seus donos e alguns desconhecidos. Os animais responderam aumentando o tempo que olhavam para seus donos e, após meia hora os níveis de ocitocina cresceram nos donos dos cachorros tratados.

"O mesmo mecanismo de conexão, baseado no aumento da ocitocina ao se olharem, que fortalece os laços emocionais entre mães e seus filhos, ajuda a regular também o vínculo entre os cachorros e seus donos", concluiu a pesquisa.

Fonte

Geral
A ciência comprova: seu cachorro realmente tenta falar com você

Donos de cachorros juram de pé junto que seus animais falam com eles. Alguns dizem até saber o que o seu animal está pensando. De acordo com um estudo da Universidade de Salford, eles podem estar certos. Pesquisadores recrutaram 37 donos de cachorros e pediram que filmassem o que seus animais de estimação estavam fazendo. Ao analisar mais de 1.000 filmes, eles identificaram 19 sinais que os cães dão aos humanos e o significado desses gestos.

Assim como os humanos dão instruções aos cães como "senta" e "deita", parece que os cães também usam seus gestos para pedir coisas. "Os cães são realmente hábeis em usar 'gestos referenciais', - equivalentes a gestos humanos como apontar e acenar", disse a pesquisadora Hannah Worsley, uma das autoras do estudo. "Descobrimos que quando os cães querem um arranhão, eles usam até 14 gestos diferentes para convencer seus donos a fazê-lo."

Os pedidos dos cães foram agrupados em quatro categorias: "me dê comida ou bebida", "abra a porta", "traga meu brinquedo ou osso" e "faz carinho". Uma lista completa dos gestos e o provável significado pode ser encontrada no estudo, publicado na revista Animal Cognition. Eles incluem estender a mão com a pata, ficar de pé sobre as patas traseiras e rolar.

O sinal mais comum era o giro da cabeça ou a "alternância do olhar", quando o cão olha para você com a cabeça inclinada para o lado, registrado 381 vezes. Os pesquisadores dizem que este sinal foi usado para atingir todos os quatro objetivos do cão, concluindo que isso poderia significar que os cães são "potencialmente aptos a usar a comunicação referencial".

"Estender a pata" provavelmente significa um pedido de comida ou bebida, e rolar significava "faz carinho" 100% do tempo. Mas alguns gestos, como cutucar o nariz, eram mais ambíguos, podendo significar qualquer um dos quatro pedidos. O tempo que uma pessoa e um cão viveram juntos e quão bem socializados eles eram, também tiveram impacto em quantos gestos eles usaram. Após 30 mil anos juntos, cães e humanos aprenderam a entender um ao outro.

Fonte

Instagram

Estudo realizado pela Universidade de Kyoto, no Japão, mostrou que cachorros podem sentir se uma pessoa é má ou não. Este estudo mostrou que cachorros têm uma grande capacidade de percepção e julgamento, é possível então confiar quando ele mostrar um comportamento atipicamente negativo perto de alguém que ele julga não ser confiável.Continue lendo...

Geral
Givaldo Cesar

Givaldo Cesar

Imagine que você está tranquilo na sua caminha e de repente ouve um estouro duas vezes mais alto do que os fogos de artifício comum. Assusta, né? É isso que acontece com os cães, já que eles possuem uma capacidade auditiva que vai além do dobro da dos humanos.

"Ah, mas o meu cachorro se assuta com fogos e trovões que explodem longe..." Longe para você. Além da incrível potência, os ouvidos caninos também mandam bem na distância e podem ouvir sons 4 vezes mais longe que você.

É importante lembrar que barulhos muito altos podem ter um impacto muito negativo nos cães. Podem torna-los excessivamente medrosos, agressivos e até causar a morte do animal por enfarte. Há também vários cães que morrem enforcados em suas guias ou pulando pela janela de prédios altos.

O ideal é acalmar o seu bichinho nas festas de fim de ano, finais de campeonato e em dias trovejantes. Em geral, eles ficam mais tranquilos quando você está por perto, mas em casos extremos, alguns veterinários podem receitar calmantes.

Uma dica muito útil é deixar o cachorro dentro de casa com a TV ligada algumas horas antes dos fogos e ir aumentando o volume aos poucos, até que ele se acostume com o barulho.

Geral
Anônimo

Anônimo

É uma história que dependeu de muita gente criativa e até rende um filme. O protagonista? Um cachorrinho da raça dachshund (também conhecida como "bassê"). Vamos aos coadjuvantes:

1) O Cozinheiro Alemão: na cidade de Frankfurt, na Alemanha, um cozinheiro famoso por suas salsichas tinha um cão da raça dachshund  e, pela semelhança física, suas salsichas foram apelidadas de dachshund e o nome pegou.

2) O Alemão Prejudicado: em 1904, em St. Louis, EUA, o alemão Anton Feuchtwanger estava com problemas para vender suas salsichas dachshund - ninguém conseguia segurá-las por estarem quentes e distribuir luvas dava prejuízo. Com o cunhado padeiro, desenvolveu um pão que segurasse a salsicha. Aí sim as vendas emplacaram e eles inventaram o "sanduíche de salsicha".

3) O Comerciante no Estádio: em 1906, durante um jogo em Nova Iorque, o comerciante Harry Stevens não conseguia vender seus sorvetes e refrigerantes por estar muito frio. Comprou correndo salsichas e pão, improvisou um compartimento com água quente que mantinha as salsichas aquecidas, e saiu vendendo os sanduíches de salsicha. Ele gritava: "Comprem suas salsichas dachshund enquanto estão quentes!"

4) O Cartunista Apressado: neste mesmo jogo estava Tad Dorgan, um famoso cartunista que precisava enviar sua charge com urgência para o jornal. Ao ouvir os gritos do vendedor, desenhou rapidamente um cachorrinho da raça dachshund abraçado pelo pão. Como não sabia escrever "dachshund", só colocou "Get your hot dog!” (Pegue seu cachorro quente).

A charge fez sucesso, o nome pegou e final feliz!


Geral
Anônimo

Anônimo

Perguntamos o nosso cachorrinho de estimação e a resposta foi "Au au au au, au au. Au au au au". Traduzindo: "São vários os motivos que me faz arranhar o lugar onde vou dormir, meu amigo". E como pessoas boas que somos, tentaremos responder da melhor maneira.

Conforto

Assim como a gente dá aquela "afofada" no travesseiro, os cachorros também gostam de dormir em um lugar confortável. Por isso eles podem arranhar a cama antes de dormir, estão apenas deixando o seu cantinho mais agradável, sedoso e macio.

Marcação de Território

Outro motivo que levam os cães a arranhar sua cama é a carga genética que carregam desde os seus ancestrais, os lobos. Suas glândulas sudoríparas são encontradas nas patas, sendo assim, quando o cachorro arranha a cama ele está liberando seu suor ali. Esta é uma das maneiras que eles encontram para dizer que aquele espaço tem dono. A outra maneira vocês conhecem, é fazendo o tradicional xixizinho com a patinha levantada.

Regular a Temperatura

Sabe quando a gente vira o travesseiro para dormir no lado mais geladinho da fronha? Os cachorros também podem ter preferências na hora de dormir, e se ele estiver dormindo fora de casa por exemplo, pode tentar cavar o local onde for dormir na tentativa de encontrar um solo mais fresco para deitar.

Unha Grande

Dê uma conferida no tamanho das unhas do seu cachorrinho. Talvez o único motivo dele estar arranhando a cama seja as unhas grandes, e fica fácil resolver isso.

Sexo
Anônimo

Anônimo

Pq o aparelho reprodutório dos cães (como é de se esperar) é muito diferente dos humanos.

O pênis dos cachorros tem um bulbo na base. Quando ele penetra a cadela, esse bulbo incha lá dentro e prende o órgão dele no dela. Isso acontece pq, ao contrário de nós, a ejaculação do cachorro se dá por gotejamento, podendo levar até meia hora pra finalizar e fazer a cópula eficaz. Durante este tempo, os cães se rotacionam de modo a ficar com as caudas juntas, mas isso é natural e não os machuca.

O que os machuca é quando alguém que não sabe disso fica tentando separá-los. ;-/