Geral
Anônimo

Anônimo

Atualmente é Miracle Milly, uma Chihuahua de apenas 9,6 cm que vive em Porto Rico. 

http://bit.ly/1glEApc


http://bit.ly/1glEApc

A cadelinha recordista tem até uma página no Facebook com mais de 230 mil fãs. Lá "ela posta" detalhes sobre sua vida canina. Foi de lá que tiramos essas fotos. Não é fofa?

Se vc encontrou as três imagens ocultas, não conte a ninguém, apenas responda: qual deles nasceu e vive no Brasil?
Colaborou Andrea Vaz

Geral
Givaldo Cesar

Givaldo Cesar

Imagine que você está tranquilo na sua caminha e de repente ouve um estouro duas vezes mais alto do que os fogos de artifício comum. Assusta, né? É isso que acontece com os cães, já que eles possuem uma capacidade auditiva que vai além do dobro da dos humanos.

"Ah, mas o meu cachorro se assuta com fogos e trovões que explodem longe..." Longe para você. Além da incrível potência, os ouvidos caninos também mandam bem na distância e podem ouvir sons 4 vezes mais longe que você.

É importante lembrar que barulhos muito altos podem ter um impacto muito negativo nos cães. Podem torna-los excessivamente medrosos, agressivos e até causar a morte do animal por enfarte. Há também vários cães que morrem enforcados em suas guias ou pulando pela janela de prédios altos.

O ideal é acalmar o seu bichinho nas festas de fim de ano, finais de campeonato e em dias trovejantes. Em geral, eles ficam mais tranquilos quando você está por perto, mas em casos extremos, alguns veterinários podem receitar calmantes.

Uma dica muito útil é deixar o cachorro dentro de casa com a TV ligada algumas horas antes dos fogos e ir aumentando o volume aos poucos, até que ele se acostume com o barulho.

Colaborou <a href="https://www.facebook.com/rafavisk"></a><a href="http://on.fb.me/16ADM8X">Rafael O. Teixeira</a>

Geral
Gabriel Foster

Gabriel Foster

Cães: foram os primeiros animais a serem domesticados. E começou por simples simbiose: o homem usava o cão para caçar e cão tinha comida fácil nos restos do homem. Mas só isso não seria o suficiente. Características como a sociabilidade canina e a adaptação a todas as estações do ano perpetuaram a parceria e garantiram ao animal a alcunha de melhor amigo do homem.

Gatos: quando os egípcios se fixaram às margens do Nilo, o problema foram os ratos. Eles devoravam todos os alimentos. Então apareceram aqueles animais misteriosos, lânguidos, silenciosos e exímios caçadores de ratos. Também interessados em abrigo e comida, os gatos acabaram se fixando.

Ao contrário do cão, que alterou muito sua anatomia, interação e até instintos desde as origens, o gato não mudou quase nada.

Geral
Anônimo

Anônimo

É uma história que dependeu de muita gente criativa e até rende um filme. O protagonista? Um cachorrinho da raça dachshund (também conhecida como "bassê"). Vamos aos coadjuvantes:

1) O Cozinheiro Alemão: na cidade de Frankfurt, na Alemanha, um cozinheiro famoso por suas salsichas tinha um cão da raça dachshund  e, pela semelhança física, suas salsichas foram apelidadas de dachshund e o nome pegou.

2) O Alemão Prejudicado: em 1904, em St. Louis, EUA, o alemão Anton Feuchtwanger estava com problemas para vender suas salsichas dachshund - ninguém conseguia segurá-las por estarem quentes e distribuir luvas dava prejuízo. Com o cunhado padeiro, desenvolveu um pão que segurasse a salsicha. Aí sim as vendas emplacaram e eles inventaram o "sanduíche de salsicha".

3) O Comerciante no Estádio: em 1906, durante um jogo em Nova Iorque, o comerciante Harry Stevens não conseguia vender seus sorvetes e refrigerantes por estar muito frio. Comprou correndo salsichas e pão, improvisou um compartimento com água quente que mantinha as salsichas aquecidas, e saiu vendendo os sanduíches de salsicha. Ele gritava: "Comprem suas salsichas dachshund enquanto estão quentes!"

4) O Cartunista Apressado: neste mesmo jogo estava Tad Dorgan, um famoso cartunista que precisava enviar sua charge com urgência para o jornal. Ao ouvir os gritos do vendedor, desenhou rapidamente um cachorrinho da raça dachshund abraçado pelo pão. Como não sabia escrever "dachshund", só colocou "Get your hot dog!” (Pegue seu cachorro quente).

A charge fez sucesso, o nome pegou e final feliz!


Sexo
Anônimo

Anônimo

Pq o aparelho reprodutório dos cães (como é de se esperar) é muito diferente dos humanos.

O pênis dos cachorros tem um bulbo na base. Quando ele penetra a cadela, esse bulbo incha lá dentro e prende o órgão dele no dela. Isso acontece pq, ao contrário de nós, a ejaculação do cachorro se dá por gotejamento, podendo levar até meia hora pra finalizar e fazer a cópula eficaz. Durante este tempo, os cães se rotacionam de modo a ficar com as caudas juntas, mas isso é natural e não os machuca.

O que os machuca é quando alguém que não sabe disso fica tentando separá-los. ;-/

Geral
Anônimo

Anônimo

Perguntamos o nosso cachorrinho de estimação e a resposta foi "Au au au au, au au. Au au au au". Traduzindo: "São vários os motivos que me faz arranhar o lugar onde vou dormir, meu amigo". E como pessoas boas que somos, tentaremos responder da melhor maneira.

Conforto

Assim como a gente dá aquela "afofada" no travesseiro, os cachorros também gostam de dormir em um lugar confortável. Por isso eles podem arranhar a cama antes de dormir, estão apenas deixando o seu cantinho mais agradável, sedoso e macio.

Marcação de Território

Outro motivo que levam os cães a arranhar sua cama é a carga genética que carregam desde os seus ancestrais, os lobos. Suas glândulas sudoríparas são encontradas nas patas, sendo assim, quando o cachorro arranha a cama ele está liberando seu suor ali. Esta é uma das maneiras que eles encontram para dizer que aquele espaço tem dono. A outra maneira vocês conhecem, é fazendo o tradicional xixizinho com a patinha levantada.

Regular a Temperatura

Sabe quando a gente vira o travesseiro para dormir no lado mais geladinho da fronha? Os cachorros também podem ter preferências na hora de dormir, e se ele estiver dormindo fora de casa por exemplo, pode tentar cavar o local onde for dormir na tentativa de encontrar um solo mais fresco para deitar.

Unha Grande

Dê uma conferida no tamanho das unhas do seu cachorrinho. Talvez o único motivo dele estar arranhando a cama seja as unhas grandes, e fica fácil resolver isso.