Geral
Bruno Ferreira

Bruno Ferreira

Vem da original, que é "Corro de burro quando foge". "Corro", do verbo correr, acabou virando "cor de" com o passar do tempo. Seguindo a frase atual, muitos acham que tem alguma relação com a coloração bege pálida do animal, mas não - tem a ver com seu temperamento.

O burro é um animal muito tranquilo, mas quando se irrita, é agressivo e incontrolável. Por isso diziam que, se um burro se rebelou e fugiu, é melhor correr dele.