Geral
Cientistas brasileiros: quem são e o que fizeram?

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia mostrou que 93% por cento dos entrevistados - jovens - não conseguiram citar um cientista brasileiro. O desconhecimento dos jovens sobre ciência fica claro quando questionados sobre temas importantes da atualidade. Continue lendo...

Instagram

Segundo estudo da Universidade de Edimburgo e da Universidade Ludwig Maximilians, em Munique, indivíduos com uma variação de um gene conhecido como ABCC9 precisavam de mais tempo de sono do que a média de oito horas

Os pesquisadores analisaram como o gene funciona nas moscas da fruta, que também o possuem e descobriram que aquelas sem o gene ABCC9 dormiam por três horas a menos do que o normal. O gene ABCC9 está envolvido na detecção dos níveis de energia das células do corpo.

Em outro estudo, publicado na revista Molecular Psychiatry, feito com 10.000 pessoas de toda a Europa, foi concluído que, aqueles com o gene ABCC9 precisam de cerca de 30 minutos a mais de sono por noite do que aqueles sem o gene.

Fonte

Instagram

Miguel é o nome preferido das famílias brasileiras para os bebês que estão nascendo no Brasil. O nome segue em primeiro lugar pelo oitavo ano seguido, segundo o tradicional ranking BabyCenter. Arthur permanece na segunda posição, mas Heitor vem logo atrás em forte alta, seguido de Bernardo e Davi.Continue lendo...

Instagram

Segundo estudo realizado pela Universidade de Bonn, homens brancos com uma altura relativamente menor têm uma possibilidade mais elevada de perder os cabelos. A principal autora do estudo, Stefanie Heilmann-Heimbach disse que os dados do estudo indicam que alguns dos genes envolvidos na calvície estão associados, na média, com uma menor estatura.Continue lendo...

Instagram

Uma pesquisa feita pela Universidade Southern Methodist, nos Estados Unidos, analisando o nível de felicidade e o peso de 169 casais recém-casados durante quatro anos (uma vez por semestre) mostrou que, casais que diziam estar felizes na relação ficavam mais pesados a cada pesagem. O Índice de Massa Corporal desses participantes tinha, em média, um aumento de 0,12 por semestre.Continue lendo...

Instagram

Uma fruta ou uma porção de pipoca na hora do lanche? A pipoca pode ser mais saborosa e também mais saudável!

A casquinha da pipoca contém polifenóis - substâncias químicas antioxidantes - e fibras e essa parte é considerada a "pepita de ouro da nutrição", segundo o pesquisador Joe Vinson da Universidade de Scranton, na Pensilvânia, nos Estados Unidos, autor da pesquisa e pioneiro na análise de componentes saudáveis no chocolate, nozes e de outros alimentos comuns.Continue lendo...