Geral
Anônimo

Anônimo

Pode ser esperma de bactéria, ozônio ou as duas coisas juntas.

Aquilo que nós apelidamos carinhosamente de “cheiro de chuva” vem de uma substância química chamada de geosmina, que quer dizer “perfume da terra” em grego. Ela é encontrada num tipo específico de bactéria do solo, a Streptomyces coelicolor.

As bactérias geram células reprodutoras quando estão secas e, quando chove, essas células (chamadas também de esporos) se espalham pelo ar. Pois é, é como se os espermas dessa bactéria saíssem voando por aí.

Os ventos fortes das chuvas carregam o cheiro desses esporos, fazendo com que eles cheguem em alguns lugares primeiro do que a tempestade. Por isso conseguimos sentir aquele cheirinho de chuva antes mesmo de começar a chover onde estamos.

Esse odor característico da chuva têm um nome: petricor – uma combinação das palavras gregas “pedra” e “fluido eterno”. Ele não é tão forte assim nas cidades grandes, porque há menos geosmina presente. O cheirinho da chuva é bem mais perceptível e gostoso na fazenda ou em outros lugares com bastante natureza em volta.

Tá sentindo o cheirinho daí?

Antes da chuva começar, outro cheiro que podemos notar também é do ozônio. O ozônio se forma a partir de cargas elétricas de relâmpagos, por exemplo. Ele libera um odor metálico, que é carregado pela corrente de ar, anunciando a tempestade.

Conseguimos perceber isso tudo também porque a mudança na pressão da atmosfera e na umidade do ar afeta o nosso olfato. Quando a pressão é maior e está mais úmido, o olfato tende a ficar mais aguçado. Podemos identificar que o clima está mais úmido (e até prever que vai chover), porque o cheiro de tudo fica mais intenso.

É possível sentir os dois aromas ao mesmo tempo: do petricor e do ozônio antes de começar a chover. Só que ainda não inventaram um nome para a mistura dos dois. Que nome você daria?

Geral
Mayra Santos

Mayra Santos

Devido ao modo em que o creme dental é inserido no tubo.

Após utilizarem misturas com sal de cozinha, pimenta, folhas de menta e até fórmulas baseadas em urina, a indústria dos cremes dentais evoluiu ao ponto de agora podermos comprar pastas de dente estilosas, coloridas, com listras e até com sabores diferentes.

No caso das pastas brancas com listras coloridas, o segredo está na forma em que ela é inserida no tubo. Os cremes de cada cor se encontram em divisórias separadas e de tamanhos diferentes dentro do aplicador, sendo a do creme branco maior que as dos coloridos. O tubo então é preenchido com todas as cores sendo injetadas ao mesmo tempo, começando pela base do tubo e terminando na região da tampa.

Outro fator importante para que tudo não vire uma mistureba lá dentro é a composição química diferente de cada creme. O creme branco é levemente diferente dos coloridos, e isso aliado ao estado e viscosidade da pasta e a falta de espaços vazios para homogeneização, garantem que uma cor não invada a outra.

Dessa forma, o tubo mesmo quando é dobrado e amassado (dentro de uma certa tolerância e bom senso) permite que as cores não se misturem lá dentro, graças à engenharia envolvida na sua fabricação.

Geral
Marco Antonio Jannotti

Marco Antonio Jannotti

Quando se declara a Lei Marcial, todas as leis das autoridades civis do país serão substituídas por leis militares.

Normalmente, quem declara a Lei Marcial é o exército, não o país. É bem parecido com o que acontece quando acontece um Golpe de Estado e os militares assumem o poder, toda a sociedade passará a responder pelas leis militarizadas. A Lei Marcial é instaurada quando o exército assim entender que o país esteja vivenciando uma grande crise política e civíl. Já a origem do seu nome, o significado de "Marcial" é "guerreiro, belicoso". Ou seja, uma nova lei baseada na poder bélico, das forças armadas.

Geral
Anônimo

Anônimo

Toda a barba e pra sempre é algo muito forte para se dizer. Mas a tecnologia permite que cheguemos muito perto disso! ;)

Apresento vocês a Depilação à Laser! Com tratamentos que podem variar entre seis e quinze sessões (variando de acordo com a pele e os fios de cada um), a depilação a laser promete deixar seu rosto liso e ainda a vantagem de evitar alergias e foliculites pós barba. Como afirmamos no começo do texto, falar em algo como definitivo e "para sempre" ainda não faz parte deste pacote de depilação. A tecnologia avançou muito sim, mas ainda não chegamos a tal ponto, porém, estamos muito perto disso. O tratamento a laser age direto na raiz dos pelos, e pode ser feitos em outros locais do corpo masculino, como peito, costas e abdômen.

É sempre bom deixar bem claro que antes de tomar qualquer iniciativa você precisa consultar um dermatologista. Isto porque o tipo de laser usado no seu tratamento pode variar pelo seu tom de pele e pelo seu tipo de pelo. Temos que alertar pois existem três tipos de laser, o Photoderm (LID), o Epilaser (Laser de Rubi) e o Light Sheer (Laser Diodo), e a semelhança entre todos eles é que você deve evitar ao máximo a exposição ao sol durante todo o tratamento. Além do Laser, é possível encontrar também o tratamento com Luz Pulsada, o tratamento é mais acessível que o Laser, porém mais dolorido, já que concentra maior energia no local da aplicação.

O ponto principal do tratamento "definitivo" da barba é a manutenção. A tecnologia permite que com o uso do Laser, ou da Luz Pulsada, você fique muito tempo sem precisar fazer a barba novamente, mas não é algo para sempre. É necessário sempre fazer a manutenção e uma série de cuidados, como uso de Protetor Solar e evitar exposição ao sol. A consulta a um Dermatologista pode te ajudar na escolha do procedimento, peles negras e mais escuras por exemplo, não são aconselhadas a fazer o tratamento a laser. Pense bem se você deseja mesmo eliminar a barba por completo e consulte um médico!

Geral
Larissa Sousa

Larissa Sousa

Não há consenso entre os historiadores sobre a origem do termo.

A conexão entre chifre e pessoa traída é tão antiga que existem diversas especulações, algumas envolvendo associações com o mundo animal, outras com tradições passadas e até com religião.

Listamos abaixo as teorias mais citadas por aí sobre o surgimento do termo:Continue lendo...

Geral
Vanessa Maciel

Vanessa Maciel

Por carinho e para ficarmos impregnados com o cheiro deles.

Em muitas de suas esfregadas, sejam em pessoas, objetos ou até outros gatos, eles estão na verdade se comunicando. Os felinos possuem glândulas na região da testa, ao redor dos lábios, nas patas e nas laterais do corpo que secretam feromônios, que atuam como uma espécie de "comunicadores químicos".

Os feromônios são únicos, como a nossa impressão digital, cada gato tem o seu. As glândulas da face secretam substâncias com efeito calmante para eles. Se esfregando, o gato liberta secreções dessas glândulas e deixa o seu odor impregnado na pessoa ou objeto, marcando-o como seu território. Esta secreção é limpa e indetectável ao olfato humano. É uma forma do gato demonstrar que aquele local, objeto, animal ou pessoa é de sua posse. E você pensando que era o dono dele...

O próximo gato que passar pelo local provavelmente irá parar, cheirar, e identificar se o cheiro é de um gato conhecido, quando ele esteve por ali, em que direção estava se dirigindo e podendo até perceber se estava de bom humor.

Continue lendo...

Geral
Anônimo

Anônimo

Elas surgem por causa dos melanócitos, e são um câncer! Mas calma, é benigno!

Existe uma camada mais fina da pele, a mais externa, chamada epiderme. E logo abaixo dessa camada temos as células que produzem a melanina, é a melanina que dá cor à nossa pele. Acontece que em algumas pessoas esses melanócitos se aglomeram em pequenas regiões abaixo da epiderme, o que provoca essa coloração mais escura a que chamamos de "pinta". Duas causas são mais comuns entre os pesquisadores, a carga genética de cada pessoa, ou seja o histórico familiar de pintas, ou a exposição contínua ao sol. As pintas não tem idade para aparecer, elas podem começar a surgir até os 2 primeiros anos de vida, e começam a estabilizar próximo aos 30 anos. Apesar de ser um tipo de câncer benigno, é importante ficar de olho em todas as suas pintas, porque em alguns casos elas podem se transformar em um câncer de pele.

Para ver o nível da gravidade de sua pinta, é só seguir a regra do ABCD. Analise a sua pinta e fique de olho nos seguintes itens:

Assimetria: uma metade da pinta é diferente da outra. As pintas benignas normalmente são arredondadas.
B
orda irregular: contornos mal definidos.
Cor variável: muitas tonalidades numa mesma lesão (preta, castanha, branca, vermelha, azulada).
D
iâmetro: maior que 6,0 mm/ (diâmetro de um lápis).

Em caso de dúvidas, consulte um médico!