Geral
Anônimo

Anônimo

Por culpa da Fitofotomelanose. Sem neura, essa palavra grande aí é o nome dessas manchas escuras que aparecem na nossa pele quando nos expomos ao sol com resquícios de limão pelo corpo. Pode chamá-la também de Mancha de Limão, como é popularmente conhecida.

O sumo ácido da fruta em contato com os Raios Ultra Violetas causam uma reação química e alérgica na pele, bem próximo de uma queimadura. A inflamação é provocada pela reação de compostos chamados furocumarínicos, que estão na polpa da fruta, e na presença do sol gera uma irritação, aumentando a pigmentação na região afetada. E é melhor abrir o olho, outras frutas cítricas como a laranja e a tangerina, ou o figo não maduro, também podem conter essa mesma substância que causa a Fitofotomelanose. Ou seja, nossa dica é, sempre que tiver contato com essas frutas e for se expor ao sol, lave bem a mão, a boca e os braços para não deixar nenhum resíduo que posse te fazer mal.

Se queimou? Use protetor solar na região afetada sempre que for ao sol, evitando que a queimadura sofra mais ainda com os raios solares.

Dois meses é o tempo que as manchas podem demorar para sumir, isso porque elas só saem com a escamação natural da pele.

30 minutos é o tempo que essa reação química vai demorar para aparecer no seu corpo logo após o resíduo do limão receber os raios do sol.

Fontes: Terra e Estéticas.

Comentários (
0
)