Geral
Helena Gaspari Canela

Helena Gaspari Canela

Pura mentira.

Só para você ter uma ideia do tamanho desta lorota, o Cristo Redentor, por exemplo, é atingido por no mínimo 6 raios todos os anos, de acordo com o INPE.

Geralmente os raios dão preferência para objetos pontiagudos como pára-raios, árvores ou até mesmo pessoas. Isso acontece por que a ionização é mais forte nas pontas (ou cabeças) - onde os campos elétricos são mais intensos.

Mas calma, sem desespero! Em geral, a probabilidade de uma pessoa ser atingida por um raio é de uma para 980 mil. A coisa só começa a ficar perigosa mesmo se você estiver em pé, embaixo de uma tempestade em um terreno descampado (tipo praia). Nessas condições, as chances de que um raio o parta são de uma para mil. Melhor não arriscar, né?

Se vc encontrar o vídeo oculto, não conte a ninguém. Apenas diga o nome do personagem que gritava "por raios e trovões!"

Comentários (
0
)