Geral
Charlon Sousa

Charlon Sousa

Existia um nada composto por absolutamente tudo o que não existe.

Antes do Big Bang tudo o que conhecemos estava exatamente onde sempre esteve, só que ocupando um lugar menor do que o de hoje. O que sabemos é que o Universo como conhecemos só existe dentro daquela pequena explosão de origem, tudo impresso como uma impressão digital, nossa marca de registro.

Mas curiosos como os humanos são, a busca pelo limbo fora daquele pequeno espaço parece óbvio e altamente imaginativo, e foi isso que alguns estudiosos fizeram, formulando uma verdadeira revolução sobre a existência.

A teoria do Falso Vazio

Uma dessas teorias é conhecida como Falso Vazio. Afinal, para nós é difícil entender que existiu um ponto onde tudo aconteceu, há sempre algo antes do antes que pode ser explorado e estudado para que possamos entender como chegamos até o momento de agora.

Essa teoria tem base no modelo do Universo Inflacionário, aquele em que existia um campo fora do potencial mínimo, onde sua energia era tão pequena que o universo acabaria se expandindo bilhões de vezes seguidas e tudo em uma milésima fração de segundo. Os estudiosos acreditam que quando a energia do campo desse universo chegou à mínima, se criou o verdadeiro vazio, onde a energia de todos os bilhões de expansões se acumulou e preencheu o universo em energia e matéria como conhecemos atualmente.

Por isso, essa teoria mostra que ao se expandir tanto, com um campo originário, formaram-se o que chamamos de bolhas que por sua vez também aumentou de tamanho. Cada uma dessas bolhas dava lugar a um universo diferente, o que revela que o que vivemos nada mais é do que uma pequena bolha, isso mesmo, exatamente como uma redoma.

Fontes: 1.

Comentários (
0
)