Terror
É revelada a identidade da criatura que devorou tubarão de quase 3 metros

Você, eu e todo mundo ficamos aterrorizados com a informação de que um misterioso animal devorou um tubarão branco com quase 3 metros comprimento.

De acordo com as informações do rastreador inserido na fêmea de tubarão-branco, o animal sofreu um aumento brusco de temperatura (de 7ºC para 25ºC) e foi arrastado, em poucos segundos, para mais de 580 metros de profundidade em relação à sua posição original.

Os pesquisadores australianos que divulgaram a informação disseram que já sabem o que aconteceu e tudo faz parte de uma série de documentários sobre a caça deste predador colossal.

Antes de revelar qual é a misteriosa criatura devoradora de tubarões, resolvi fazer uma lista com os melhores palpites dos leitores sobre a identidade da criatura (sim, a gente te stalkeia nos comentários). A maioria errou feio. Errou rude. Mas alguns acertaram em cheio!

KRAKEN

É meusa migos, não foi desta vez que comprovamos a existência desta criatura mítica do folclore nórdico.

O Kraken seria uma espécie de lula gigante com 100 tentáculos, aproximadamente do tamanho de uma ilha (?) e com altura superior ao mastro principal de um navio. Foi o palpite dos leitores Lucas Oliveira, Danilo Ferreira, Thales Matheus, Vanderson Fernandes e Lucas Marçal.


LULA COLOSSAL

Os leitores Luís Fernando, Gabriel S. M. da Silva e Antônio Rafael Medeiros Oliveira apostaram que uma lula colossal teria devorado o tubarão. Pouco se sabe sobre esta misteriosa e temida criatura que vive principalmente nas profundezas do Atlântico, por isso não era lá um palpite de se jogar fora. Mas não é o caso.

A espécie foi descoberta em 1925, quando dois tentáculos foram encontrados no estômago de um cachalote. O maior espécime de lula colossal já capturado tinha 14 metros de comprimento, mas pesquisadores acreditam que existem animais ainda maiores na espécie. #medo


CACHALOTE

Muita gente acha que o cachalote é uma baleia, mas não é!

Tanto baleias quanto cachalotes são do grupo dos cetáceos, mas enquanto os cachalotes estão no grupo dos odontocetos (que possuem dentes de verdade na boca), as baleias fazem parte do subgrupo de misticetos (que possuem fileiras de cerdas ou barbatanas, usadas para filtrar pequenos peixes e outros alimentos).

Com até 18 metros de comprimento, os cachalotes são os maiores animais com dentes que se tem conhecimento. Mas os leitores Alexandre Faria e Hilbert Franca erraram no palpite, já que os tubarões não fazem parte da dieta desses cabeçudos.

Os cachalotes se alimentam basicamente engolindo suas presas, que estão em várias espécies – entre elas: polvos, raias, golfos do alasca, merlusas negras, lulas gigantes e lulas colossais. Além disso, acredita-se que eles não usam os dentes para se alimentar, apenas para se defender e chamar a atenção.

Uma informação curiosa é que quase tudo o que se sabe sobre lulas colossais e gigantes, foi descoberto a partir de exemplares e fragmentos encontrados nos estômagos de cachalotes capturados.


ORCA

Os leitores Marcello Amaral, Wilson Costa e Sergio Ricardo Appugliese disseram que poderia ser uma orca, o que é até plausível, já que essas baleias ADORAM um tubarão branco no jantar.

Mas não foi. Quando vão devorar um tubarão, as orcas costumam levá-los para a superfície, e essa trajetória é muito diferente da mostrada pelo rastreador.


CTHULHU

Os leitores Guilherme Cruz Freitas, Vinicius Felix e Marcel Vianna apostaram que o predador seria o Cthulhu, uma gigante entidade cósmica criada pelo escritor de terror H. P. Lovecraft, em 1926.


Mas felizmente, os três rapazes estavam errados e o Cthulhu continua não existindo. #aleluia!


GODZILLA

Os leitores Lucas Augusto, Fernando Bueno, Paulo Vinicius, João Paulo Gomes, Filipe Arce, Lucas Silveira e a leitora Girlene Martins sugeriram que poderia ter sido obra do Godzilla.

Mas podemos eximir a culpa do clássico monstro criado pelo no cinema japonês em 1953. Mas gente, o Godzilla nem é um monstro da água... nada a ver esse palpite, hein.


COLOSSAL TUBARÃO BRANCO CANIBAL

Alguns leitores foram mais realistas e acabaram acertando o que de fato aconteceu com a fêmea de tubarão-branco. É o caso dos sagazes Sergio Pereira, Rafael Canedo e Villeneve Oliveira.

De acordo com os pesquisadores australianos, o responsável pela façanha é um outro tubarão ainda maior, que eles estão chamando de Colossal Tubarão Branco Canibal.

Há várias hipóteses de motivos para um tubarão comer outro da mesma espécie. Eles podem ter brigado por comida, por território ou pode ainda ser por um motivo mais simples: o tubarão maior estava com muita fome e preferiu comer o coleguinha mesmo.

Mistério resolvido.

Especial para vc que é mais sagaz, a ponto de estar lendo esta mensagem: Existe uma hipótese sobre o tubarão branco que não foi provada, mas que é muito pertinente citar.

Há indícios de que, assim como outras espécies de tubarão, eles realizem o canibalismo intra-uterino. Neste caso, quando o primeiro tubarãozinho sai do ovo, ele se alimenta dos ovos que ainda não eclodiram.

Também há casos em que os filhotes mais fortes devoram os irmãozinhos mais fracos ainda dentro do útero da mamãe. É por isso que a hipótese de canibalismo por parte de um tubarão maior é tão forte entre os pesquisadores.

E já que vc é tão esperto, talvez queira encontrar o link que está oculto neste post. Mas lembre-se: não conte a ninguém sobre mensagem oculta. Para sinalizar que encontrou, apenas poste nos comentários: "suspeitei desde o princípio".