Instagram

Um disco de massa fermentada de farinha de trigo, coberto com molho de tomate e o que você bem entender, assado no forno. Queijo, calabresa, cebola, frango, catupiry, pepperoni, chocolate e até abacaxi, a Pizza é comemorada no Brasil no dia 10 de Julho. A pizza chegou ao país por meio dos imigrantes italianos que transformaram a cidade de São Paulo na "Capital da Pizza".

Instagram

Segundo pesquisa, brasileiros têm pouca disposição para conversar com quem pensa diferente. No caso de visões políticas diferentes, 32% dos brasileiros acham que não vale a pena "trocar uma ideia".

A pesquisa também foi feita em outros 27 países e revelou que só Índia e África do Sul tem pessoas mais fechadas que os brasileiros. Na Argentina, Chile, México, Estados Unidos, Reino Unido, Japão, as pessoas são mais dispostas a conversar com quem tem visões diferentes.

Quanto as redes sociais tornarem os debates mais divisivos do que antes, 54% dos brasileiros acreditam que sim e que a solução para não dialogar é bloquear a pessoa.

Fonte

Instagram

Segundo pesquisa Ipsos realizada com 1.088 usuários norte-americanos do Netflix, 51% dizem que compartilhar a mesma senha aponta que o relacionamento está ficando muito sério. 17% só concordam em compartilhar a senha caso fiquem noivos, antes disso é cada um com a sua conta. E para que um relacionamento dê certo, 27% acreditam que gostar das mesmas séries e filmes conta muito!

Fonte

Instagram

Segundo levantamento do Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (CISA), os brasileiros bebem mais em comparação com outros países. São 7,8 L de álcool puro per capita por pessoa, contra 6,2 litros da média global.

Qual a bebida alcoólica mais consumida? As bebidas destiladas correspondem ao tipo de bebida mais consumido no mundo (44,8%), seguido da cerveja (34,3%) e do vinho (11,7%). Na Região das Américas a cerveja é o tipo de bebida mais consumido (53,8%), seguido dos destilados (31,7%) e do vinho (13,5%). No Brasil, a sequência é a mesma, mas as proporções são um pouco diferentes: 62% cerveja, 34% destilados e 3% vinho.

Fonte

Instagram

Segundo estudo da Universidade de Edimburgo e da Universidade Ludwig Maximilians, em Munique, indivíduos com uma variação de um gene conhecido como ABCC9 precisavam de mais tempo de sono do que a média de oito horas

Os pesquisadores analisaram como o gene funciona nas moscas da fruta, que também o possuem e descobriram que aquelas sem o gene ABCC9 dormiam por três horas a menos do que o normal. O gene ABCC9 está envolvido na detecção dos níveis de energia das células do corpo.

Em outro estudo, publicado na revista Molecular Psychiatry, feito com 10.000 pessoas de toda a Europa, foi concluído que, aqueles com o gene ABCC9 precisam de cerca de 30 minutos a mais de sono por noite do que aqueles sem o gene.

Fonte

Instagram

Miguel é o nome preferido das famílias brasileiras para os bebês que estão nascendo no Brasil. O nome segue em primeiro lugar pelo oitavo ano seguido, segundo o tradicional ranking BabyCenter. Arthur permanece na segunda posição, mas Heitor vem logo atrás em forte alta, seguido de Bernardo e Davi.Continue lendo...

Instagram

Segundo estudo realizado pela Universidade de Bonn, homens brancos com uma altura relativamente menor têm uma possibilidade mais elevada de perder os cabelos. A principal autora do estudo, Stefanie Heilmann-Heimbach disse que os dados do estudo indicam que alguns dos genes envolvidos na calvície estão associados, na média, com uma menor estatura.Continue lendo...