Geral

Clique aqui para ler esta TREAD na íntegra.

Geral

Sistema ou regime político e filosófico, antiliberal, imperialista e antidemocrático, centrado em um governo de caráter autoritário, representado pela existência de um partido único e pela figura de um ditador, fundado na ideologia de exaltação dos valores da raça e da nação em detrimento do individualismo, como o estabelecido na Itália por Benito Mussolini (1883-1945), em 1922, cujo emblema era, simbolicamente, o fascio, isto é, o feixe de varas dos lictores romanos.

Fonte

Geral

Intervenção militar é um ato caracterizado pela tomada do poder de um país por suas forças armadas em um golpe de Estado, instaurando um regime de ditadura militar. Geralmente é decretado um estado de exceção, regido segundo a lei marcial, sendo formada uma junta militar encabeçada por qualquer das armas, que nomeia um novo presidente (sempre um militar de alta patente) e seus sucessores.

Fonte

Geral

URSAL (acrônimo para União das Republiquetas Socialistas da América Latina ou União das Repúblicas Socialistas da América Latina) é um termo criado em tom jocoso pela socióloga brasileira Maria Lúcia Victor Barbosa, em 2001, para ironizar as críticas feitas por políticos e intelectuais de esquerda à Área de Livre Comércio das Américas, liderada pelos Estados Unidos. Posteriormente a expressão foi tomada a sério por Olavo de Carvalho e por eleitores da extrema-direita brasileira, ressurgindo no YouTube e em outras mídias como uma teoria da conspiração relacionada a um suposto plano de integração latino-americana engendrado pelo Foro de São Paulo.

Em tom de denúncia, o acrônimo foi retomado em 2018, pelo deputado federal e candidato à presidência, Cabo Daciolo, em referência a uma conspiração em curso para acabar com as soberanias nacionais no continente. Daciolo referiu-se à URSAL quando interrogou Ciro Gomes durante o primeiro debate entre candidatos da eleição presidencial brasileira de 2018, veiculado pela TV Band em 9 de agosto. Segundo ele, a URSAL seria uma federação de países da América Latina e do Caribe com características de um grande bloco de repúblicas socialistas. Na sequência o episódio repercutiu na imprensa brasileira e estrangeira, e ensejou numerosas manifestações nas redes sociais, sobretudo em tom de deboche.

Fonte

Geral
Carreira promissora, pilotagem de drone chega a pagar R$ 25 mil/mês nos EUA

Os drones surgiram para uso militar, mas agora os veículos aéreos não tripulados são utilizados para outras atividades: para entregas de compras, para fertilização e irrigação na agricultura e para filmagem de eventos, por exemplo. Um aparelho custa por volta de R$ 8 mil.

Controlados remotamente como um aeromodelo, os drones surgiram no século XIX, mas sua utilização ficou popular no fim do século passado, na área militar: um caso famoso foi o ataque da Força Aérea israelense ao Exército sírio em 1982, durante a guerra entre os dois países.

Por conta da popularização, os drones abrem um campo de trabalho promissor: pilotos treinados para controlar esses aparelhos chegam a ganhar até US$ 100 mil/ano nos EUA, (R$ 25 mil por mês). No Brasil, um profissional do ramo pode ganhar em torno de R$ 8 mil mensais.

Tanto nos EUA quanto no Brasil ainda não existe regulamentação para o uso dos VANT. O uso comercial foi proibido na terra do tio Sam. Já aqui em terras brasileiras, a opção foi por seguir a legislação que rege o uso de aeromodelos.

Ainda não há um curso com regulamentação oficial para quem quer ser piloto. Mas o aquecimento do mercado de drones faz com que algumas empresas forneçam treinamento para quem quer pilotar as aeronaves não tripuladas. O que acha da ideia?

Fonte

Geral
Após décadas de estudo, cientistas desvendam causa dos desaparecimentos no Triângulo das Bermudas

Um dos maiores mistérios da humanidade pode ter sido finalmente desvendado por oceanógrafos britânicos: após uma investigação de décadas, os especialistas descobriram a causa dos desaparecimentos no Triângulo das Bermudas.

O misterioso triângulo de 700.000 metros quadrados, que se estende entre a ponta da Flórida, Porto Rico e Bermuda, fascina o público há 100 anos pelos inúmeros naufrágios na região: pelo menos 50 navios, 20 aeronaves e mais de 1.000 pessoas sucumbiram ao local últimos 500 anos.

Pesquisadores da Universidade de Southampton dizem que os navios estão sendo sugados para o oceano por ondas gigantes, com mais de 30 metros de altura e explicaram sua teoria no documentário do Channel 5 da BBC, The Bermuda Triangle Enigma.

“Há tempestades no sul e no norte, que se juntam. Medimos ondas com mais de 30 metros. Quanto maior o barco, mais danos são causados”, disse Dr. Simon Boxall, líder do estudo ao jornal The Sun.

Embora existam muitas teorias para explicar o fenômeno, os cientistas se concentraram primeiro na hipótese da “onda maluca”, quando uma onda de 18,5 metros foi medida por satélites, no Mar do Norte, em 1995.

Ondas normais (12 metros) têm uma pressão de ruptura de 8,5 psi (libras por polegada quadrada). Navios modernos suportam cerca de 21 psi, mas ondas “malucas” podem ter uma pressão esmagadora de até 140 psi - suficiente para virar até mesmo os navios mais resistentes.

Para o documentário, Dr. Boxall e sua equipe recriaram ondas gigantes usando simuladores internos e construíram um modelo do USS Cyclops para ver o efeito que teria sobre o grande navio. O Cyclops desapareceu no triângulo em 1918 com 309 pessoas a bordo.

“Se você imagina que uma onda “bizarra” pode ter picos nas duas extremidades, não há nada abaixo do barco, então ele se quebra em dois. Se isso acontecer, pode afundar em dois ou três minutos ”, disse Boxall.

O desaparecimento mais recente ocorreu em 2017, quando um avião com quatro pessoas sumiu na região. O grupo passou o Dia das Mães em Porto Rico e voltava para a Flórida quando seu avião gêmeo desapareceu do radar. A busca foi cancelada e nenhum corpo foi encontrado.

Fonte