Geral
Chocolate contém antioxidantes e previne o envelhecimento.

Uma xícara do tipo certo de chocolate pode ajudar o sistema nervoso e retardar parte da perda de função que ocorre com o envelhecimento, afirmam pesquisadores britânicos.

Os flavonóis, antioxidantes encontrados nas sementes do cacau (usadas para fazer chocolate), podem aumentar o fluxo de sangue no cérebro e fazê-lo funcionar melhor, dizem.

Ian MacDonald, da Universidade de Nottingham (Inglaterra), relatou durante a reunião da AAAS, em San Francisco, os resultados de testes com mulheres jovens que precisavam resolver uma tarefa complexa enquanto tinham seu cérebro monitorado por ressonância magnética. As que bebiam cacau rico em flavonóis tinham um fluxo de sangue no cérebro aumentado significativamente em relação às que não tomaram cacau.

Segundo MacDonald, isso levanta a perspectiva de usar essas substâncias no tratamento da demência, marcada por uma redução no fluxo sangüíneo cerebral.

Norman Hollenberg, da Escola Médica de Harvard (EUA), disse ter encontrado benefícios semelhantes à saúde entre os índios cunas, do Panamá, que fazem uso intenso do cacau. Hollenberg disse, no entanto, que as pessoas não devem começar a se entupir de chocolate.

"O chocolate é uma guloseima. Ele nunca poderá ser vendido como uma comida saudável."

Ele advertiu ainda que o cacau à venda nos supermercados é pobre em flavonóis --que dão sabor amargo ao chocolate.

- Texto da Folha de São Paulo

Comentários (
0
)