Geral
Machine Learning é MUITO interessante!

Em 1984 uma inteligência artificial revolucionária foi criada para coordenar sistemas de defesas americanas. Ela se tornou autoconsciente e decidiu eliminar os seres humanos. Ainda bem que a Skynet era ficção, mas sistemas assim são realidade e facilitam sua vida o tempo todo.

É o que chamamos de machine learning ou aprendizado de máquina. O que ele faz é analisar informações em bancos de dados e usá-las para automatizar processos que tornam computadores mais inteligentes.

Uma das formas mais populares de sua utilização é o sistema de recomendações da Netflix. Lembra quando ele passa a te oferecer filmes ou séries parecidas com algumas que você gostou? Pois então, é graças a essa aprendizagem.

Para o usuário do serviço de streaming a experiência se torna cada vez mais personalizada. A Netflix consegue, por exemplo, identificar padrões visuais nos conteúdos que você assiste e muda a imagem de cada série para se adequar ao seu gosto.

O processo não é mais como entrar em uma prateleira escrita “Drama” e torcer para ter um lançamento que seja divertido. Com o Machine Learning se você gostou de um filme, o sistema vai sugerir outros parecidos automaticamente.

Para a empresa isso ajuda a identificar comportamentos da sua audiência em países com culturas tão distintas. Recentemente ela percebeu 4 perfis de fãs da Marvel dentro da sua plataforma e relacionou outras produções com eles.

E não para por aí, serviços de streaming de música como o Spotify e Deezer também usam machine learning para produzir experiências fantásticas aos seus usuários e direcionar conteúdos e anúncios específicos.

Se você gosta de curtir um rock, um pop ou um sertanejo, provavelmente vai encontrar uma playlist patrocinada com músicas que fazem sucesso nesses gêneros, selecionadas com base nas músicas que mais ouviu pelo serviço.

O Spotify também reconhece se você ouviu muitas vezes uma música sobre amor, viagens, esporte e dessa maneira oferece aos usuários da versão com propagandas, anúncios relevantes ou playlists temáticas para o seu momento.

No dia dos namorados em 2016 a empresa colocou um outdoor em NY que dizia Querida pessoa que escutou ‘Sorry’ 42 vezes no dia dos namorados, o que você fez?”

Usando um sistema parecido com o da Netflix, esses aplicativos de músicas conseguem montar uma playlist com sugestões semanais. Para quem quiser dar o play e descobrir coisas novas e bem próximas ao seu gosto pessoal.

São dois modelos de algoritmos para isso, a filtragem colaborativa e o processamento de linguagem natural. A Udacity Brasil, plataforma de cursos de tecnologia que ensina Machine Learning do zero, têm um artigo completo sobre isso.

Em cursos como Fundamentos de AI & Machine Learning ou Engenheiro de Machine Learning você aprenderá e desenvolverá habilidades essenciais para trabalhar nas maiores empresas e startups que utilizam a tecnologia.

Ao contrário da Skynet, sistemas inteligentes como estes estão trabalhando para nos oferecer mais qualidade nos serviços digitais e ajudando empresas de marketing digital a conhecer seus consumidores de verdade.

*publi