Geral
Idosos que cuidam de crianças vivem mais, segundo estudo.

Estudo feito pela Evolution and Human Behavior com 500 idosos entre 70 e 103 anos, concluiu que aqueles que cuidavam dos netos tiveram uma vida mais longa, vivendo cerca de 10 anos depois que o estudo foi feito. Os que não ficavam com crianças, faleceram cinco anos após a pesquisa.

O estudo mostrou que participar da vida dos netos leva a um risco de mortalidade 37% menor, e mesmo quem não tem filhos pode viver um pouco mais cuidando dos outros.

Pesquisadores também acham que o estudo sustenta uma teoria evolutiva chamada 'Hipótese da Vovó', que tenta explicar porque os seres humanos vivem tanto tempo depois de a sua fase fértil acabar. O que não é muito comum na natureza porque, evolutivamente falando, nossa função é a reprodução e a manutenção da espécie, ou seja, os avós que ajudam a cuidar dos filhos mudam esse paradigma. De acordo com os pesquisadores, o convívio com a família, assim como o cuidar, contribui com a saúde física e emocional e com a expectativa de vida do ser humano.

O Dia Internacional do Idoso é comemorado anualmente no dia 1 de outubro. Este dia foi instituído em 1991 pela (ONU) Organização das Nações Unidas e tem como objetivo sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento e da necessidade de proteger e cuidar a população mais idosa. Portanto ajude a vovó ou vovô a ficarem mais tempo com seus netos, é comprovado que faz muito bem para sua vida.

Fontes: 1, 2

Comentários (
0
)