Geral
Fim do mistério: Hitler se suicidou em Berlim com cianeto e um tiro em 1945

A morte de Adolf Hitler sempre foi cercada de teorias da conspiração. Houve quem jurasse de pé junto que o ditador nazista fugiu para a América do Sul, entre outras. Agora, 73 anos depois da morte de Hitler, uma equipe de legistas franceses pôs fim ao mito e confirmou a versão dos livros de História: o alemão se suicidou com um tiro na cabeça e uma cápsula de cianeto, junto com sua companheira, Eva Braun. Os restos mortais de Hitler estão em Moscou desde 1946.

Pela primeira vez, o Serviço Secreto russo permitiu a análise dos ossos de Hitler pela equipe francesa. Publicado no European Journal of Internal Medicine, o estudo conclui que Hitler se suicidou em 30 de abril de 1945. O crânio analisado é “totalmente compatível” com as radiografias que Hitler realizou em 1944, um ano antes da sua morte.

“Não havia certeza se Hitler tinha utilizado uma ampola de cianeto para se suicidar ou se o fez com um disparo na cabeça. Agora sabemos que existe toda a probabilidade de que tenha feito as duas coisas”, esclareceu Philippe Charlier, chefe do estudo. Manchas azuladas encontradas nas próteses devem ser resultado de uma reação química entre o cianeto e o metal das próteses.

Fonte: Observador

Comentários (
0
)