Geral
Um asfalto que economiza combustível

Com a greve dos caminhoneiros, começa a faltar combustível em todo o país. E se a gente tivesse um asfalto que economizasse gasolina? Engenheiros do MIT desenvolveram um asfalto com concreto e outros materiais mais duros do que o asfalto tradicional - o piso poderia economizar até 3% de combustível. No Brasil, isso representaria uma economia de 36,5 milhões de barris de petróleo ou cerca de US$ 3 bilhões (R$ 10 bilhões por ano).

A iniciativa também ajudaria o meio ambiente, evitando a emissão de 46 milhões de toneladas métricas de CO2, um dos gases causadores do aquecimento global. Porque o asfalto comum gasta mais gasolina? Com a deformidade do piso, é como se o carro estivesse numa subida muito leve, mas constante. É o mesmo motivo pelo qual cansamos mais ao andar na areia fofa. Com a adição de concreto no asfalto, a deformidade é reduzida.

Vale lembrar que os pesquisadores do MIT tomaram como base para o estudo as rodovias dos Estados Unidos, conhecidas por sua qualidade. Se levassem em conta o asfalto brasileiro, que além da textura, é cheio de buracos, rachaduras, deformidades e má qualidade, poderia ser observada uma economia ainda maior.

Foto de uma rua no Distrito Federal / Toninho Tavares/Agência Brasília.

Fonte: Science Daily

Comentários (
0
)