Instagram

Um novo estudo, publicado no Frontiers in Human Neuroscience, um jornal online de carácter científico, mostra que as pessoas que praticam regularmente exercício físico podem reverter os sinais de envelhecimento no cérebro, e a dança é a atividade que tem o efeito mais profundo.

A dança é essencialmente uma atividade social. Ela estimula o diálogo e permite a troca de experiências, o que pode ajudar a superar a timidez e trazer autoestima. O que causa felicidade, faz com que envelheçamos com pensamentos positivos e posturas otimistas em relação a vida.

Isto pode prevenir o surgimento de doenças como a ansiedade e a depressão, que afetam diretamente na saúde física, o que pode acarretar em doenças graves, já que nosso emocional está intimamente ligado ao sistema imunológico.

Fonte

Fonte

Comentários (
0
)