Geral
A traição que afastou a humanidade dos animais, na mitologia Khoisan

Uma das coisas mais fascinantes do povo africano é a riqueza das suas tradições e narrativas ancestrais. Se quiser conhecer um dos mitos mais antigos da humanidade, vem comigo, pois vamos entender um pouco Kaang, o deus da criação.

Esta história nasceu no ventre de uma das etnias, que podem ter raízes no florescer da nossa espécie (Sapiens). Os bosquímanos ou Khoisan tem origens que remontam talvez dezenas de milhares de anos.

Para eles, houve época em que pessoas e animais viviam sob a terra com Kaang (Käng), o Grande Mestre e Senhor de Toda a Vida. Neste tempo, pessoas e animais viviam juntos pacificamente e entendiam uns ao outros. Porém, toda essa vida acontecia debaixo da superfície.

Essa divindade conseguia assumir a forma de qualquer animal e aparecia frequentemente como um touro, um piolho, uma cobra, e uma lagarta. Dessa sua característica provém o respeito que aquele povo mantém com os animais.

Um dia Kaang decidiu construir coisas fabulosas para que a humanidade aproveitasse com os animais acima do subsolo. Ele criou uma árvore tão grande que seus ramos se estendiam por todo o país - árvores são símbolos do conhecimento e da conexão com o mundo para vários povos.

Na base da árvore havia um grande túnel, que foi por onde todos os seres vivos passaram para chegar à superfície. Essa relação de caverna e conhecimento, conforme explorado por Platão, já era discutido por mitos africanos há milhares de anos antes.

O povo Bantu também tem uma história sobre. Outro paralelo que também veio depois é com o mito da criação dos hebreus (Adão e Eva no paraíso), onde Deus havia criado o lugar perfeito para todos viverem em harmonia.

Após todo o seu trabalho, Kaang resolveu assistir seu mundo secretamente. Então avisou a todos para não fazerem qualquer fogueira ou um grande mal aconteceria a eles. Essa promessa não durou o primeiro pôr do sol. Quando a escuridão chegou, trouxe junto o medo.

Foi a primeira vez que não podiam ver, como enxergavam na luz. A temperatura começou a cair e o desespero aumentou. A primeira coisa que fizeram foi uma fogueira. Por um tempo pareceu dar certo, mas os animais se assustaram com aquele fogo e correram para longe.

Se esconderam nas cavernas, florestas e montanhas. Esse era o grande mal que Kaang havia prenunciado. A amizade que todos os seres mantinham foi substituída pelo medo e isso fez romper a comunicação entre a humanidade e os animais.

Fontes: 1, 2 e 3

Imagem de capa: Welcome to africa por Roiuky https://www.deviantart.com/roiuky/art/welcome-to-...

Comentários (
0
)